Líderes evangélicos se posicionam a respeito dos hoaxes sobre Dilma

Bispo Macedo publicou hoje o seguinte texto em seu blog (clique aqui para ler o texto diretamente no blog do Bispo), dirigido aos membros da IURD:

“Dilma é vítima de mentiras espalhadas pela internet

Bispo Edir Macedo

Recebi recentemente um e-mail, destes que em princípio parecem ter o nobre intuito de nos alertar para algo grave. A mensagem dizia que a candidata à Presidência da República, Dilma Roussef, teria afirmado: “Nem mesmo Cristo querendo, me tira essa vitória”. O spam, com texto pobre, dizia: “Após a inauguração de um comitê em Minas, Dilma é entrevistada por um jornalista local…” Como as informações eram muito vagas (um comitê em Minas; um jornalista local), saí em busca de algo mais consistente, como um vídeo da suposta declaração ou ao menos uma gravação em áudio, mas não encontrei nada. Assim, tive certeza que se tratava de mais uma mentira.

Se os cristãos fossem tão ágeis e eficientes para usar as ferramentas modernas da comunicação na pregação do Evangelho, assim como parecem ser para disseminar boatos, certamente muitas almas seriam ganhas para o Senhor Jesus.

Quem pensa que está prestando algum serviço ao Reino de Deus, espalhando uma informação sem ter certeza de sua veracidade, na verdade, está fazendo o jogo do diabo.

O Senhor Jesus não precisa de advogados, nem de assessores de comunicação que saiam em “defesa” de Seu Nome. Ele precisa de verdadeiros cristãos, que entendam, vivam e preguem a Verdade.

Devemos observar que pessoas mal intencionadas têm procurado confundir muitos cidadãos com mentiras mal elaboradas, a fim de atrapalhar o trabalho sério de alguns candidatos. Pense nisto.

Nestes dias que antecedem as eleições, devemos observar se a plataforma dos candidatos em quem pretendemos votar, não pode vir a prejudicar a Igreja. Use seu voto de forma consciente e responsável.

Veja também:

Boatos tentam desestabilizar reta final da campanha de Dilma
Dilma desmente boatos que circulam na internet ”


—-

Mas ele não está sozinho nessa opinião. Temos uma carta mais formal e oficial em nome das assembléias de Deus (aliás, denominação da Marina Silva, não?)
http://www.conamad.com.br/portals/13/cartaanacaobrasileira.pdf

E se o seu negócio não é pentecostal, é mais tradicional (muitos cristãos têm preconceito contra pentecostais e neopentecostais), então vejamos o pronunciamento da Aliança Batista:
http://www.aliancadebatistas.com.br/page/modules/smartsection/item.php?itemid=28

PS: Não se esqueçam de divulgar a lista de emails falsos contra a Dilma, com os links para os textos que provam que são falsos, estou atualizando à medida em que recebo novos hoaxes. Clique aqui para ver Quer votar em outro candidato? Fique à vontade, mas vote por motivos verdadeiros, e não pelas mentiras. Além desses do link, ainda falta inserir o link do hoax sobre as leis contra evangélicos (sim, também é mentira) e farei isso assim que possível.  Também deixo a minha carta aos evangélicos, explicando que ainda que você acredite abortar é pecado e quem faz vai para o inferno ou que casamento homossexual é pecado e aceitá-lo é contra os princípios cristãos, e ainda se Dilma fosse a favor de implementar tudo isso, não seria motivo para celeuma ou para não votar nela. Clique aqui para entender o porquê.

PS2: E para quem acredita que Marina é boa opção por ser evangélica e por não ser PT, nem PSDB, aguarde o post de amanhã (em tempo: esse último argumento é estranho, já que ela disse que vai chamar PT e PSDB para governar com ela, se for eleita).

.

Desvendando a lista de emails falsos sobre Dilma

A lista original copiei do site SejaDitaVerdade e adicionei mais alguns do post anterior e conforme descobrir outros, vou atualizando:

Compilação dos emails falsos que circulam nesta campanha sobre Dilma Rousseff e seus respectivos desmentidos. Cada link remete ao leitor ao texto em questão, clique para ler a verdade sobre cada um deles. Espalhem, é importante:

Se desejar, copie e cole em seu e-mail e peça para repassarem para o maior número de pessoas possível  😀


A morte de Mário Kosel Filho:http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=593

A Ficha Falsa de Dilma Rousseff na ditadura http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=650

O porteiro que desistiu de trabalhar para receber o Bolsa-Família

Marília Gabriela desmente email falso

Dilma não pode entrar nos Estados Unidos

Foto de Dilma ao lado de um fuzíl é uma montagem barata
.
Lula/Dilma sucatearam a classe média (B) em 8 anos:

Email de Dora Kramer sobre Arnaldo Jabor é montagem

Matéria sobre Dilma em jornais canadenses é falsa:http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2023

Declarações de Dilma sobre Jesus Cristo – mais um email falso

Fraude nas urnas com chip chinês conspiração – falsidade que beira o ridículo:

Vídeo de Hugo Chaves pedindo votos a Dilma é falso:

Matéria sobre amante lésbica de Dilma é invenção:

http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2031


PowerPoint sobre fazenda comprada por filho de Lula: “Novo Milionário Brasileiro – a fazenda que Lulinha (não) comprou”

Carta ao Lula:Dra. Marise Valéria Santos (que non ecziste)

Michel Temer é satanista? Michel Temer é Satanista?

http://www.gospelprime.com.br/michel-temer-e-satanista-teologo-diz-que-e-boato/

http://oguardadeisrael.blogspot.com/2010/07/afinal-michel-temer-e-mesmo-satanista.html

Blog de Adriana Vandoni censurado por Lula http://incautosdoontem.opsblog.org/2010/01/24/lula-o-censurador-e-a-preguica/

Esclarecimentos sobre o PNDH-3

http://lampertop.com.br/?p=742


E-mail da dra. Marise Valéria Santos é falso e antigo:

http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2576

E-mail falso sobre “os mortos de Dlma”:

http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2566

Matéria sobre saúde de Dilma é mentirosa:

http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2558

E-mail “Se…” é recheado de mentiras

http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2551

Email sobre ajuda ao povo palestino trabalha com hipocrisia e meias-verdades:

http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2540

Boatos contra Dilma são rastreados:

http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2562

Email cita Carlos Alberto Brilhante Ustra como fonte isenta e confiável:

http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2585

Denúncias atribuídas a entrevista de ex-marido de Dilma são falsas:

http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2472

A profecia de Neila Alckmin (que já morreu há muitos anos…)

http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2468

Vídeo do mensalão é uma falsificação grosseira:

http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2456

Dilma no conselho da Petrobras: email induz eleitor a erro:

http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2348

Lula quer garantir conforto próprio como ex-presidente:

http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2273

Dilma processa o Estado Brasileiro:

http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2416

Email diz que Dilma não é brasileira:

http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2808

http://www.quatrocantos.com/LENDAS/487_dnevnik_dilma_roussef.htm

A lista da Central de Boatos do Seja Dita Verdade não para por aí:

http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2091


Para denunciar um email falso:

http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2398

Saiba as origens da campanha de boataria do Serra na internet (descobri para que servia o “guru indiano” que veio para ser o  “responsável pela campanha de Serra na internet” ):

http://politica-santoandre.blogspot.com/2010/10/americanizacao-da-eleicao-brasileira.html


Espalhar mentira contra um candidato é crime eleitoral! Ao repassar a mensagem, você pode ser punido, mas o responsável por colocá-la na internet, como não se identificou, pode ficar ileso, ou seja, está usando VOCÊ. Se alguém for se prejudicar, não vai ser peixe grande, mas você, estão se aproveitando de suas boas intenções de “justiça”.

NÃO ACEITE SER USADO, NÃO REPASSE EMAILS FALSOS

.

Ressuscitadores de hoax

Costumo ser uma criatura bem calma, mas essas últimas semanas de eleições têm enchido o saco. Seguidamente recebo hoaxes por email, em Power Point ou textos alarmistas ligando Dilma, Lula, PT e Temer às piores forças do universo, ou discorrendo sobre “escândalos” que nunca existiram, conclamando o povo a se unir para evitar a desgraça que se aproxima. Teorias conspiratórias e acusações sem provas, documentos falsificados (como a tal ficha de Dilma e a fotografia com fuzil mal inserido por photoshop).

Teve um hoax antiguinho que se tornou recorrente: eu recebi, meu marido recebeu e já li várias pessoas indignadas por aí, falando dele como se fosse verdade. Meu marido fez uma pesquisa básica e descobriu o óbvio: era mentira. Trata-se do Continuar lendo

Imprensa Isenta?

Depois de passar anos disseminando a falsa idéia de “mídia imparcial”, o Estadão resolve sair do armário com o editorial “O mal a evitar”. Assume que apóia a candidatura de José Serra (agora? Se é realmente transparente, por que não assumiu no início da campanha, e deixou o povo acreditando na falsa imparcialidade?), esculhamba Lula, com forte tom de ressentimento, enaltece Serra com adjetivos que ele não fez por merecer e avisa que Lula e o PT são “O mal a evitar”, como quem diz aos seus leitores: Continuar lendo

Carta aos evangélicos, sobre Dilma

No dia 10 de Setembro, foi publicado no Maria Frô um vídeo   http://mariafro.com.br/wordpress/?p=19096 com um pastor batista chamado Paschoal Piragine, que circula no youtube em um culto de sua igreja, apresentando um vídeo tendencioso, em tom emocional e alarmista, dizendo que se Dilma for eleita, teremos a disseminação da iniquidade em nossa pátria. Isso porque – segundo ele – o PT e Dilma são a favor do aborto e do casamento homossexual. Diz esse pastor ao seu rebanho que a única forma de salvar-nos dessa catástrofe é votando no PSDB….(como SE o PSDB fosse contra o aborto…risos…). Vi o mesmo vídeo em outros blogs e pipocam diversos textos atrelando Dilma à legalização do aborto, práticas anti-cristãs, legalização de casamento entre pessoas do mesmo sexo e perseguição à igreja através de reformas constitucionais. Alguns comentários de pessoas horrorizadas com as informações com as quais têm sido bombardeadas, mostram cristãos totalmente rendidos às mentiras propagadas, muitos vociferando de maneira bastante agressiva, chamando Dilma de anticristo para baixo.

Apesar dos comentários a que me refiro refletirem o pensamento da minoria dos evangélicos, essa minoria repassa emails falsos e comenta os posts dos blogs, fazendo parecer que fala em nome de todos os evangélicos. Eu peço licença para tentar falar com essas pessoas, em uma linguagem que lhes seja familiar, na esperança de que ao menos algumas delas (as realmente sinceras, não as mal intencionadas, essas jamais ouvirão) me dêem ouvidos, ou parem para pensar. Já há algum tempo, a oposição teve uma “maravilhosa” idéia: manipular os evangélicos, para diminuir o apoio a Dilma Roussef. A grande mídia, que sempre nos desprezou, nos vê como massa de manobra, como ignorantes manipuláveis e facilmente enganáveis. Reitero o que sempre disse: a opinião desse senhor Piragine é a da minoria dos cristãos. Felizmente nosso povo não é mais ignorante como na época em que acreditava que Lula queria fechar igrejas.

Deus, no início de sua conversa com o profeta no livro bíblico de Isaías, faz um pedido muito nobre: “Vinde, pois, e arrazoemos”…em outras traduções já li “Vinde, e raciocinemos juntos”. Arrazoar é expor seus argumentos alegando razões. Acredito, então, que este seja o pedido que Ele faz aos que se dizem dele: “Vem aqui, vamos raciocinar”. Vejo cristãos horrorizados, repetindo o que ouviram por aí: “Dilma é a favor do aborto, Dilma é a favor da legalização da iniquidade, o PT tem princípios contrários aos princípios cristãos”, etc. etc. etc. Esta semana, o novo hoax (mentira propagada pela internet) diz que Dilma afirmou em entrevista a um jornalista (qual o nome dele?) de um jornal local (qual jornal?), na inauguração de um comitê (qual comitê?) em Minas Gerais (em qual data?): “Nem Cristo querendo me tira essa vitória”. Ela nunca disse isso, mas jogaram essa afirmação em um email falso, que circula em tons alarmistas. O problema não é apenas o fato de estarmos caindo feito patinhos na armadilha da oposição, mas os argumentos que são utilizados para o não-voto em Dilma Roussef, principalmente: legalização do aborto e da união civil entre homossexuais. Você realmente já parou para pensar nisso?

A Igreja Católica é contrária a métodos contraceptivos. Por isso, dificulta ao máximo o trabalho de distribuição de preservativos entre a população da África, que sofre com a disseminação da AIDS, coloca-se abertamente contra e ainda diz à população que preservativos não são eficazes no combate ao HIV, prestando um desserviço à humanidade. Milhares de pessoas morrem por não terem tido acesso a prevenção enquanto era tempo. E a Igreja Católica chega ao ponto de criticar governos, em alguns países, pela iniciativa de distribuir preservativos aos jovens. E nós achamos um absurdo. Não se importam com as vidas ceifadas diariamente pela Aids? Não se importam com as crianças que ficam órfãs, ou doentes, e sofrem até a morte? A alegação é que o sexo só é permitido depois do casamento e que o adultério é pecado, logo, não haveria melhor forma de prevenção à AIDS do que seguir os dogmas da igreja. O raciocínio é lógico, mas todo mundo é católico? Todo mundo é cristão? Não. Então os que não são cristãos, ou que não seguem à risca os dogmas, merecem, como punição, a doença, sofrimento e morte? Não é isso o que Jesus ensina. Ele fala de amor, Paulo fala de abençoar os que nos perseguem, Jesus fala em amar os inimigos, quanto mais àqueles que não são nossos inimigos, só não tiveram a oportunidade de conhecer o Deus que conhecemos. Jesus era bastante duro com aqueles que usavam de falta de amor travestida de religião. Ele não atacava “pecadores”, atacava religiosos. É essa a indignação de Deus no primeiro capítulo de Isaías: contra os religiosos que diziam servir a Deus, mas aos quais Deus nem sequer ouvia, pois as mãos deles “estão cheias de sangue”. É a eles dirigida a repreensão do livro de Malaquias, do início ao fim. Nós olhamos para o Vaticano, que – por uma posição retrógrada e fria- permite o sofrimento e a morte de milhares, e nos indignamos. Conseguimos compreender nos olhos daquelas crianças soropositivas da África, sem a menor esperança de futuro, todo o sofrimento causado pela falta de amor de quem se diz representante de Deus.

Muitas mulheres morrem todos os dias no Brasil vítimas das consequências de abortos feitos em clínicas clandestinas, a maioria sem as mínimas condições de higiene, muitas feitas apenas com o objetivo de ganhar dinheiro, e dane-se a adolescente desesperada que não queria aquele filho. Algumas estão apenas assustadas com a novidade, e poderiam até mudar de idéia, caso fossem orientadas por um psicólogo na clínica, ou mesmo um assistente social. Mas por que uma clínica clandestina contrataria um profissional desses? A idéia é não dar tempo para que elas pensem, assim garante-se o recebimento do dinheiro. O resultado são muitas mulheres traumatizadas, úteros machucados, arrependimento, alguns suicídios, morte.

Você, cristão, que acredita que uma mulher que faça aborto vai para o inferno, pense comigo:  o fato de o aborto não ser legalizado faz com que ela deixe de abortar? Não, pois sempre existe alguém que conhece uma clínica, ou mesmo um remédio ou “chazinho” que pode causar graves sequelas. As chances de ela morrer em uma clínica clandestina ou em um aborto feito em casa são infinitamente maiores do que em um aborto feito por médicos, em um hospital. O feto, se já é uma vida, vai para o céu, em ambos os casos. Já a mãe, se morrer, não vai para o inferno? Você quer que ela vá para o inferno? Imagino que não, se você realmente for cristão.  Se não for possível impedí-la de abortar, então pelo menos que haja menos chance de morrer, pois assim ela ainda tem chance de ser salva, não? Mas o correto seria ela não abortar! – você me diz – Assim como o correto seria que as pessoas não tivessem relações sexuais fora do casamento, isso evitaria a Aids. Mas não é essa a realidade. Pode ser a realidade dentro de nossas igrejas (e nós sabemos que não é bem assim…), mas o presidente da república não deve governar apenas para as nossas igrejas, pois isso não pode usar nossos dogmas em suas diretrizes de governo, pois estão lidando com a realidade do mundo. Por isso o Estado é laico: senão daqui a pouco teríamos os Umbandistas dizendo o que podemos ou não fazer, os católicos dizendo o que podemos ou não fazer, os espíritas dizendo o que podemos ou não fazer, os budistas dizendo o que podemos ou não fazer, os satanistas dizendo o que podemos ou não fazer…e aí? Não se sentiriam todos no mesmo direito?

E o casamento gay? Antes de mais nada, cabe ressaltar que no programa Roda Viva, da TV Cultura, Dilma afirmou “Sou a favor da união civil. Acho que a questão do casamento é religiosa. Eu, como indivíduo, jamais me posicionaria sobre o que uma religião deve ou não fazer. Temos que respeitar” (em tempo: Marina Silva disse exatamente a mesma coisa, vide link ao final do texto) Vamos tentar entender essa afirmação: União Civil é uma coisa. Casamento é outra. Nós, enquanto cristãos, podemos nos posicionar firmemente contra o casamento gay (cerimônia religiosa) dentro de nossas igrejas. A igreja é livre para não permitir, baseada na Bíblia, esse tipo de cerimônia na instituição, e o governo não tem nada com isso. Pode orientar como pensa e o que sugere para resolver a questão, pode defender seus princípios, dentro dos estatutos de sua igreja, sem, no entanto, jogar a pessoa no fogo do inferno enquanto ela está viva, aqui. Porém, não podemos nos colocar em um embate para limitar os direitos dessas pessoas enquanto cidadãos. Não é por fazê-las sofrer e passar dificuldades no dia-a-dia que faremos com que se convertam, pelo contrário, pois quanto mais perseguidos somos, mais convictos nos tornamos, não é mesmo? E quanto mais forem perseguidos, menos se interessarão pelo evangelho. Não é limitando direitos civis que os traremos até nós, mas mostrando o amor com que Deus acolhe aqueles que querem seguí-lo e o próprio Espírito Santo fará o resto.

O que é a “união civil”? Em que isso é diferente de casamento? União civil é apenas o reconhecimento do Estado, do relacionamento entre aquelas duas pessoas. Isso lhes dá direitos como incluir o parceiro como dependente no plano de saúde ou na declaração de imposto de renda (abatendo despesas médicas e educacionais do parceiro), pensão alimentícia em caso de separação entre outras coisas que não farão a menor diferença para mim ou para você e também não alterarão em nada a situação dessas pessoas diante de Deus. Se o leitor cristão diz que Deus não aceita essa união como um casamento legítimo, então diante de Deus nada muda, certo? Nesse caso, por que o escândalo? Por que a celeuma? Qual é o problema? O fato de não haver união civil impede que casais homossexuais morem juntos? Não, não impede. Então o que estamos querendo evitar? Contra o que exatamente estamos lutando? Paulo diz que nossa luta é espiritual, e se queremos fazer algo por essas pessoas, devemos investir no que realmente importa e não em querer dizer o que o governo deve ou não legalizar. O fato de o aborto e a união civil homoafetiva serem legalizados transformará o Brasil em uma Sodoma e Gomorra? De maneira nenhuma! O governo só será capaz de organizar algo que já existe. Pergunto ao evangélico protestante: o cigarro é liberado. Você fuma? A cachaça é liberada. Você vive bêbado pelas ruas? O bêbado que se converte se livra da cachaça e não volta a beber, mesmo o álcool sendo droga legalizada. A pessoa é livre para fazer suas escolhas, e faz a escolha correta, desde que bem instruída. E que o país continue a ser livre, que o Estado continue a ser Laico, que possamos distribuir nossos panfletos nas ruas, evangelizar nos presídios e hospitais, fazer trabalho social e núcleos nas favelas. Vamos eleger deputados comprometidos com a nossa causa, para defender nossos direitos lá dentro, para defender nossas igrejas e para dar melhores condições de vida aos menos favorecidos, mas jamais para se intrometer nos direitos civis de outros pessoas usando como argumento algo que elas sequer entendem.

Não há nenhuma ameaça ao cristianismo na posse de Dilma ou no PT.  Não nos deixemos manipular. Os fatos são bem outros, e eles não falam. Não dizem que a grande mídia, que esculacha a Dilma e o PT, nunca nos respeitou e jamais perdeu uma oportunidade de nos ridicularizar e nos caluniar. A Globo, com suas novelas, sempre buscava retratar os evangélicos da maneira mais estereotipada possível, por que acreditaríamos nela agora? Por que nos uniríamos a ela? Por que repetiríamos o que ela nos diz, como se fosse verdade? Se quando fala a nosso respeito, sempre usa de mentiras, calúnias e distorce a verdade? Nunca nos respeitou. Não dizem que o governo do PT foi o que mais favoreceu a liberdade religiosa e o crescimento das igrejas. Não dizem que as mesmas fontes que dizem hoje que Dilma é contra os cristãos diziam que Lula fecharia as igrejas. Ele fechou? Alguém se lembra desse terrorismo ideológico? Mas e Marina Silva? Ela não é evangélica? Sim, mas mesmo sabendo que o que se diz na grande mídia é mentira, opta por ficar calada e deixar o circo pegar fogo e quando convidada a opinar, joga mais lenha na fogueira, concordando com o que é dito. De que lado ela está? Da Globo, da mídia manipuladora, a mesma que nos pinta como ignorantes, burros, pobres e analfabetos? Marina, na questão polêmica do aborto, joga a bomba no colo da população e diz que fará plebiscito. Plebiscito para que? Para incitar uma briga, uma guerra onde só o evangelho sairá perdendo (não importa o resultado do processo)? Não misturemos as coisas. Não há necessidade de plebiscito para isso, já que trata-se de direitos que serão utilizados apenas pelos interessados. Não é algo que afetará a sociedade, como um todo. Marina quer lavar as mãos e jogar a responsabilidade em cima da população.

A escolha é de cada um de nós, mas eu, sinceramente, pensando na igreja, não vejo escolha melhor do que continuar no caminho já iniciado pelo Lula. E se você tem outra opinião, que seja a sua, não baseada naquilo em que emails mentirosos querem que você acredite, nem em argumentos que nos transformem em fariseus que coam mosquitos e engolem camelos. Vamos entender de uma vez por todas que o presidente de um país deve governar para toda a população, e lutar pelos direitos do povo, independente de suas opiniões pessoais.  O dia em que um presidente do Brasil resolver enfiar Jesus goela abaixo da população, pode ter certeza de que Deus não ficará aqui para ver o resultado. E eu também não. Deixo, para sua reflexão, dois vídeos que fazem um bom contraponto àquele do pastor Piragine. Ouça com atenção até o final.




Leia também:

O uso do preservativo e a posição de Igreja Católica http://www.feth.ggf.br/camisinha.htm

Igreja Católica na guerra contra preservativos

http://www.amalgama.blog.br/03/2010/igreja-catolica-preservativos/

Posição da Aliança Batista a respeito do vídeo do Pr. Piragine:

http://mariafro.com.br/wordpress/?p=19248


Marina defende união civil de homossexuais:

http://www.blogdafolha.com.br/index.php/materias/8473-marina-uniao-civil-sim-casamento-nao

http://www.minhamarina.org.br/blog/2010/06/marina-defende-uniao-civil-de-bens-entre-homossexuais/

Serra defende união civil de homossexuais:

http://noticias.r7.com/brasil/noticias/serra-defende-uniao-civil-para-gays-mas-rejeita-liberacao-da-maconha-20100729.html

Dilma defende união civil de homossexuais:

http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,dilma-se-diz-favoravel-a-uniao-civil-de-homossexuais,573368,0.htm

A campanha contra Dilma nas Igrejas:

http://www.rodrigovianna.com.br/plenos-poderes/a-campanha-contra-dilma-nas-igrejas-prepara-se-o-terreno-para-um-ataque-maior.html#more-3547

Pastores Evangélicos que apóiam Dilma:

http://www.dilma13.com.br/noticias/entry/evangelicos-querem-dilma-na-presidencia-do-brasil/

A fazenda que Lulinha não comprou

Retirado daqui: http://www.terra.com.br/revistadinheirorural/edicoes/44/artigo92975-1.htm

Junho de 2008

“A fazenda que Lulinha (não) comprou

Na internet, circula o boato de que o filho do presidente Lula comprou uma megafazenda. Verdade? Confira a seguir e saiba tudo

IBIAPABA NETTO

LUCIANA PREZIA/AE
E-MAIL APÓCRIFO: mensagens como a acima transcrita, viraram moda em todo o País

Não é de hoje que se conhece o ditado de que “cada um que conta um conto, aumenta um ponto”. E, como o brasileiro gosta de uma boa história, algumas mentiras se tornam verdades, às vezes até mais divertidas do que a própria realidade. Nem mesmo o mundo rural está livre das boatarias que hoje percorrem o mundo em mensagens eletrônicas via internet. Todas, é claro, sem a identificação da autoria.

Quem sentiu na carne os efeitos de um boato bem contado foi o criador de nelore puro de origem José Carlos Prata Cunha, dono de terras em Valparaíso, interior de São Paulo. Circula na internet um e-mail que conta a história de uma fantástica operação em que o filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o “Lulinha”, teria comprado a sua principal área, a Fazenda Fortaleza, por R$ 47 milhões. “Isso é tudo bobagem, nunca vendi minha fazenda e, na verdade, nem oferta cheguei a receber”, esclarece Prata Cunha à DINHEIRO RURAL. “Tratamos isso como piada”, reforça Leonardo Badra, sócio de Fábio Luís na empresa de jogos eletrônicos Gamecorp.

Mas de onde, então, nasceu essa curiosa história?

DIVULGAÇÃO
O VERDADEIRO DONO: José Carlos Prata Cunha, proprietário da Fazenda Fortaleza, diz que nunca recebeu uma oferta de compra pelas suas terras

Para Fernanda Prata Cunha, filha de José Carlos, que acompanha de perto os problemas derivados do “boato rural”, a confusão nasceu de uma sondagem imobiliária. “Realmente fomos procurados por um grupo que se disse representante do filho do presidente”, explica. Mas, comenta a fazendeira, a notícia rapidamente caiu “na boca do povo”, os e-mails começaram a circular e nunca houve, na prática, algo que se aproximasse de uma oferta de compra.

A fazenda não foi vendida, porém, a dor de cabeça dura até hoje. “Tivemos de modificar a entrada da fazenda e proibir a entrada das pessoas”, lamenta Fernanda. Segundo ela, a propriedade virou uma espécie de “ponto turístico” em Valparaíso. “As pessoas param para tirar foto e as brincadeiras por causa da suposta venda que não aconteceu são constantes”, diz. De certa forma, ela se diverte. “Algumas pessoas na cidade nos olham meio estranho”, brinca.

Mas os “causos” rurais do filho do presidente da República não se limitam às terras dos Prata Cunha. Ele também ganhou fama em outros Estados da Federação, como no Pará. Em outra mensagem, um pouco mais recente, circula a “revelação” de que Lulinha estaria prestes a se tornar um novo “rei do gado”. Para tanto, ele teria comprado duas propriedades nas cidades de Marabá e Xinguara, ambas do megapecuarista Benedito Mutran, dono de um dos maiores rebanhos comerciais do Brasil. O que ele diz a respeito? “Tudo bobagem, nunca houve essa operação”, diz Mutran.

Em 2007, de fato, Mutran vendeu algumas de suas terras para a Fazenda Santa Bárbara, do empresário Carlos Rodemburg. As vendas aconteceram, só que o comprador era outro. E com verdades misturadas a meias-mentiras, a equipe de DINHEIRO RURAL, de passagem pela ExpoGrande, maior mostra pecuária de Mato Grosso do Sul, se deparou com o novo boato. Entre amigos, um pecuarista de nome Augusto Araújo Oliveira tentava se livrar das gozações dos amigos. O motivo? Uma suposta venda de bois para o filho do presidente. Indagado pela reportagem, ele disse, lacônico: “Não sei de nada, não sei de nada”, desconversou, e foi embora. Verdade? Mentira? Não se sabe, mas com certeza vem aí um novo boato rural.”


PS: Esse artigo esclarece o hoax “Novo Milionário Brasileiro”, repassado exaustivamente por email nesse período de eleições.

UPDATE: Não se esqueçam de divulgar a lista de emails falsos contra a Dilma, com os links para os textos que provam que são falsos, estou atualizando à medida em que recebo novos hoaxes. Clique aqui para ver Quer votar em outro candidato? Fique à vontade, mas vote por motivos verdadeiros, e não pelas mentiras.

Topos de bolo

Artigo originalmente publicado no Portal Organizando Eventos na época em que eu ainda estava trabalhando ativamente com esculturas personalizadas de reprodução de rostos em porcelana fria. Parei temporariamente com essa atividade.

Esculturas Personalizadas para Topo de Bolo

Vanessa Lampert

topos.silvia2 topo.flavia2

Fotos: Em sentido horário, noivinhos feitos por Sílvia Dias e noivinhos feitos por Flávia Pina, ambos em estilo real e esculpidos em Porcelana Fria.

MATERIAIS E ESTILOS

Elas não são mais novidade, mas têm sido cada vez mais procuradas, consolidando seu lugar de destaque como uma belíssima e exclusiva recordação de um momento especial, ao lado do álbum de fotografias e do vídeo. Sensação em qualquer festa de casamento em que apareçam, as esculturas personalizadas, com reprodução do rosto dos noivos, são muito mais do que um simples topo de bolo: são uma obra de arte.

As esculturas ultrapassaram os limites da festa de casamento e passaram a ser procuradas para bailes de debutantes, ou como presentes especiais para aniversário de casamento, formaturas, festas de aniversário ou simplesmente como uma lembrança muito especial. No entanto, muitas pessoas ainda as confundem com os tradicionais noivinhos de bolo e não entendem a diferença entre os diversos trabalhos existentes no mercado. É preciso ficar atento a alguns detalhes, para não levar gato por lebre:

Por escultura personalizada, entende-se uma peça com reprodução do rosto dos noivos, até o nível máximo de semelhança permitida por cada técnica, baseada em fotos do cliente. O nível de semelhança depende majoritariamente do número de fotos oferecidas, depois, da habilidade do escultor, seguido pelo tipo de técnica escolhido.

O material pode ser tanto cerâmica plástica (polymer clay) quanto porcelana fria (biscuit), sendo que o primeiro, apesar de mais resistente a umidade (por necessitar de queima para a secagem) é também menos resistente a quedas e mais fácil de trabalhar os detalhes. A porcelana fria exige técnica, habilidade e domínio da massa pelo artista, mas quando bem conduzida traz um resultado bastante delicado. O resultado do trabalho dependerá muito do talento e do domínio que o escultor tiver da massa, então o futuro cliente deve ficar bem atento às fotos de trabalhos anteriores, para ver qual o estilo do profissional e evitar frustrações.

Não adianta pegar um trabalho muito detalhado, perfeito em alguma pesquisa pela internet de um artista com preços mais altos e exigir de alguém com preço muito inferior um trabalho igual, você irá se frustrar. A grande vantagem da escultura personalizada também pode ser sua maior desvantagem, dependendo do profissional escolhido: a sua exclusividade e sua natureza autoral.

A peça que você encomendar será única, terá a sua cara (literalmente) e servirá como retrato tridimensional de um de seus momentos mais felizes. Por isso, vale a pena investir em um trabalho de qualidade, sem distorções, em um artista realmente profissional, que saiba o que está fazendo. É importantíssimo, porém, ter em mente que existem vários estilos de escultura dentro da categoria de esculturas personalizadas:

Estilo personalizado (ou humanizado): Não se aproxima traços faciais, apenas procura-se reproduzir penteados, cor de cabelo, de pele e de olhos, modelo das roupas e sapatos. Nesse estilo, frequentemente é necessário lançar mão de acessórios que indiquem a profissão e interesses dos noivos, para que sejam realmente considerados exclusivos. É confeccionado com técnicas de artesanato e é um estilo intermediário entre os noivinhos infantilizados (bolinha ou bonequinho) e os realmente humanos (reais).

Estilo humano: Há a preocupação em tentar aproximar, além do já alcançado com o estilo personalizado, também os traços faciais mais marcantes. Mas as limitações dessa técnica (que também utiliza métodos do artesanato, com passos definidos) não permitem ao artista alcançar altíssimo grau de semelhança com a pessoa retratada.

Estilo real: Procura-se reproduzir da melhor maneira possível os traços faciais dos noivos, utilizando técnicas de escultura, que permite um trabalho mais intuitivo e minucioso. O resultado final costuma agradar até às pessoas mais exigentes, com senso estético aguçado. Essa técnica é mais trabalhosa, pois permite a personalização em absolutamente todos os detalhes: desde os rostos, traços faciais, cabelos, roupas, cor da pele, sapatos e movimentos, até acessórios, unhas, etc. Esse estilo é geralmente escolhido por pessoas com ótima auto-estima e que preferem esculturas que realmente se pareçam com elas.

Em todas as técnicas podem ser acrescentados acessórios que identifiquem hábitos e interesses dos retratados, como animais de estimação, livros, estetoscópio (ou outros objetos de trabalho), malas, placas, camisas de time, bola de futebol, miniaturas de alimentos, bebidas, etc. A criatividade de quem vai encomendar é o limite. No entanto, a beleza e delicadeza do resultado final dependerá da habilidade do artista contratado, já que em nenhuma dessas técnicas admite-se o uso de moldes. Tudo é feito, tingido ou pintado à mão, fazendo com que cada uma das esculturas seja exclusiva e inimitável.

É importante ressaltar também que não há uma padronização nem de estilos, nem de tamanhos. Esculturas maiores ( 20 cm ou mais) costumam custar menos do que as menores (17cm, 15 cm ou menos), já que detalhes menores são infinitamente mais complicados de se fazer do que os maiores. Fique atento também ao seguinte: cabeças maiores exigem menor habilidade, menos trabalho e podem significar menor valor, embora um trabalho bem proporcionado seja muito mais delicado e esteticamente melhor apresentado, algumas pessoas preferem as cabeças grandes, por enxergar nelas um “quê” de caricatura.  Aliás, o “estilo caricaturado” (ou caricaturizado) é algo bem pouco definido no meio das esculturas personalizadas. Teoricamente, a idéia seria reproduzir em escultura os traços exagerados das caricaturas. No entanto, nem sempre isso funciona na prática. Muitas pessoas que não sabem fazer estilo real dizem fazer “caricaturado” para justificar desproporções e deformidades da peça pronta. O estilo caricatura geralmente é marcado por corpos minúsculos e pouco detalhados e cabeças exageradamente grandes, com traços faciais bem marcados, levados ao exagero. Muitos clientes, sem saber a definição de cada estilo, encomendam caricaturados esperando estilo real e se decepcionam ao receber aquela peça cabeçuda e com uma boca enorme, e não acham a menor graça em algo que se propunha a ser bem-humorado. Por isso é bom informar-se bem antes de fechar negócio.

PREÇOS, PRAZOS E ALERTA

Falando em negócio, os preços variam entre R$ 300 e R$ 1.250, de acordo com a técnica e o nível de semelhança conseguido (que pode traduzir-se por tempo de trabalho e esforço dispendido). Ainda bem abaixo do valor das esculturas artísticas exclusivas feitas para decoração ou exposição, esse preço nem sempre é bem compreendido por quem busca um topo de bolo, mas não costuma ser desvalorizado por quem quer um trabalho de elevada qualidade artística.

Existem no mercado preços inferiores a R$ 300? Sim, existem, mas por nossa experiência gostaríamos de alertar aos futuros clientes que não confiem em preços muito baixos, pois dificilmente eles trarão bons resultados, principalmente no estilo real (na verdade, trabalhos em estilo real têm preço mínimo de R$ 500. Pelo trabalho para confeccionar uma peça e o tempo gasto nesse processo não há como alguém cobrar menos do que isso e garantir excelente resultado, a menos que não viva disso e pegue pouquíssimas encomendas em um ano) Quanto melhor a técnica e mais delicado e perfeito o resultado de semelhança e acabamento, mais caro costuma ser a peça, pois o artista deve investir em cursos, em atualização frequente, para obter um bom nível de controle de massa e de reprodução facial.

Ainda sobre preços muito baixos, existem profissionais-fantasma anunciando pela internet, especialmente no orkut, apresentando fotografias de peças de outras pessoas, com preços bem abaixo do mercado, com o objetivo de cometer estelionato, já que obigatoriamente, para a reserva de vaga, o cliente deve depositar um sinal no ato da encomenda. Por isso pesquise o profissional antes de contratar, tenha certeza de que ele existe e que as peças que apresenta são mesmo dele.

DICAS NA HORA DE ENCOMENDAR

Fuja de preços baixos demais, faça a encomenda com no mínimo três meses de antecedência, não deixe para fazer orçamentos em cima da hora. Olhe com atenção os sites dos artistas escolhidos antes de entrar em contato, pois muitos já colocam o preço e condições de pagamento expostos no próprio site. Escultores enviam para todo o país por sedex (pago pelo cliente. Como as peças são leves, não sai caro) e costumam não trabalhar com lembrancinhas, apenas com esculturas, e por isso podem dar toda a atenção para os detalhes de sua peça.

Explique direitinho como você quer a escultura, pois depois de finalizada pouquíssimas alterações podem realmente ser feitas sem prejudicar o prazo de entrega. Por isso, certifique-se de ter explicado bem, de preferência faça isso por escrito (artistas sérios costumam ter um questionário pronto para o cliente), para evitar problemas futuros.  Não economize nas fotos, envie quantas puder, em diferentes ângulos, principalmente de rosto, com a expressão que deseja na escultura (sorrindo ou sério), para garantir o máximo de semelhança.

Procure evitar muito uso de tecido nas esculturas, para diminuir o risco de acúmulo de poeira quando a escultura estiver exposta em sua casa. Fique à vontade para conversar com o artista sobre isso, nunca se esqueça que a sua escultura não pode ser encarada como um simples topo de bolo, ela tem de durar muito e ser parte da decoração de sua casa, de seu escritório ou de seu quarto, para trazer sempre as lembranças daquele momento feliz e das emoções envolvidas no evento.

Artistas de esculturas personalizadas costumam aceitar parcelamento do valor total e negociar prazos, desde que a última parcela já esteja paga no envio da peça, portanto não tenha medo de perguntar sobre preços e prazos, tire todas as suas dúvidas nos primeiros contatos, mas já tendo em mente todas as informações que obteve neste artigo. Esculturas personalizadas em porcelana fria, quando bem feitas e bem armazenadas têm prazo de validade indefinido, mostrando ser um investimento que vale muito a pena, principalmente para quem valoriza a qualidade e o resultado final e sabe o que realmente quer.


Nelito sem noção

Nelito Fernandes tem uma coluna na Época na qual escreve textos de ficção pretendendo a humor, que se assemelham a reportagens e causam revolta em muitos leitores. O humor é fácil e fraco, com algumas tiradas geniais entre muitas sofríveis e forçadas. Não sigo a coluna, mas tive a oportunidade de ler alguns textos e percebi que o Nelito gosta de fazer esse tipo de texto para receber uma saraivada de comentários histéricos dos ofendidos. Continuar lendo

O Golpe natimorto

Clique aqui para ler: TSE arquiva pedido do PSDB para anular candidatura de Dilma. Aldir Passarinho Júnior foi bem sensato:considerou que as provas mostradas na representação não indicavam uma ligação direta nem beneficiaram a candidatura petista. Também entendeu que o caso não causou desequilíbrio na disputa eleitoral.”

Até porque essa disputa já está mais do que desequilibrada. Dilma disparada na frente e o Serra, desequilibrado, vai terminar em terceiro. E se não ficar quieto, é capaz de perder até do Plínio. Se ele fosse esperto, ficaria bem quietinho e aceitaria – com resignação e dignidade – a derrota, para tentar salvar o que lhe resta de futuro politico. Fecha-se mais um capítulo.

Na Agência de Notícias do TSE:

http://agencia.tse.gov.br/sadAdmAgencia/noticiaSearch.do?acao=get&id=1327484

E agora? Será que vão ligar o dossiê ao PSDB antes das eleições, para encerrar a candidatura do Serra ad infinitum?

.

Contador que portava procuração com assinatura que Veronica diz ser falsa, declara paixão por Serra

Preciso escrever sobre isso, mas antes de mais nada, vou publicar a entrevista do maluco que solicitou as cópias das declarações de IR da filha do Serra. Sabe como é, né? Foi publicado na Folha Online, Folha é PIG (viu que pegou mal e está querendo se aproximar de Dilma, mas não confio), gosta de apagar o que escreve (a la FHC “esqueçam o que escrevi”) e é melhor se precaver.  De qualquer maneira, para ler no site da Folha, clique aqui (antes que eles fechem em “conteúdo para assinantes”, pois já cancelei assinatura tanto da Folha quanto do UOL) Continuar lendo