Os desatinos da mente

O cérebro é um órgão muito curioso. Em todos os sentidos.

Curioso do ponto de vista científico, pois ainda é um grande mistério, e também curioso por estar sempre atrás de novidades, à procura de significados em cada informação que recebe e com uma capacidade incrível de preencher as lacunas com informação tirada de nenhum lugar além de sua imaginação.

Um desses esforços imaginativos recebe o nome de pareidolia. Apesar do nome feio, esse fenômeno psicológico é simplesmente a tentativa do cérebro de identificar algum padrão em uma imagem que, a princípio, não significa nada.

Quem alguma vez já não encontrou carinhas e figurinhas diversas nos azulejos do banheiro enquanto tomava banho? Quem nunca brincou de olhar para olhar as nuvens pra descobrir formas de coisas conhecidas? Pois é, brincávamos de pareidolia e nem sabíamos.

Algumas pareidolias não são muito fáceis de ver, requerem um pouco mais de imaginação por parte do pareidologista (se essa palavra não existe, deveria existir, pois é muito útil). Outras, porém, são tão realistas que fica difícil crer que se tratam de ilusões da mente.

Talvez uma das mais impressionantes seja essa foto antiga, onde parece existir o rosto de um homem barbudo e com os olhos fechados entre um casal:

Face-pareidolia

Essa realmente não precisa de muita imaginação para ver. Mais difícil é entender quais são as formas reais que compõem a ilusão. A foto com alguns elementos coloridos deixa claro que a face do homem é na verdade um bebê e seus cabelos são alguns arbustos que estão entre as pessoas:

Face-pareidolia-cores

Outras pareidolias na natureza são tão convincentes que se tornam uma vantagem para algumas espécies. O caranguejo Heike, do Japão, tem a oportunidade viver sua vida com tranquilidade por exibir em sua carapaça uma formação muito peculiar, semelhante a face de um samurai, o que o torna uma caça indesejável para os pescadores locais, pois crêem que esses animais são a reencarnação de antigos guerreiros que morreram afogados naquele local. Essa é a face do intragável:

Caranguejo samurai

Há inúmeras outras pareidolias famosas, como imagens de santos e santas em vidraças, torradas, mofos de parede e até mesmo em traseiros de animais.  Há quem diga que certos programas jornalísticos e determinadas revistas de notícias não passam de mera pareidolia, mas aí já são outros quinhentos…

O fato é que muitas pessoas fizeram dessa curiosidade um meio de lucrar uns dinheiros na internet, vendendo “falsas” pareidolias, como o senhor proprietário de uma máquina de fazer torradas em série com a face de Cristo:

Face na torrada-pareidolia

Embora sejam as mais famosas, a pareidolia não se restringe a imagens. Ela existe em músicas e sons em geral. Algumas músicas, aliás, quando tocadas ao contrário, parecem conter “mensagens ocultas”, o que dá margem à todo tipo de interpretação e teorias.

O Youtube está cheio dessas pérolas sonoras. Fica a dica para quem está sem nada melhor pra fazer e quer botar fora alguns minutos de sua vida que jamais voltarão.