Faça agora

Voltar a escrever um post por dia no meu blog tem sido muito, muito útil para treinar o “faça agora”. Não vou ficar dias pensando em um texto fantástico, nem vou desprezar as ideias que parecem menores. Eu simplesmente me sento para escrever e escrevo. Normalmente, durante o dia, vou analisando situações, conversas, coisas que leio ou ouço e várias vezes penso: “puxa, eu preciso escrever sobre isso”. O que acontecia antes era que eu anotava a ideia em algum lugar e esperava o momento adequado em que eu tivesse tempo para sentar e escrever, com calma. Agora, não. A ideia veio, eu anoto e sei que hoje mesmo terei que arranjar um tempo para escrever sobre ela. Não pode passar de hoje. Ainda que seja na hora de dormir.

Às vezes a gente tem que planejar e analisar, mas na maioria das vezes, as coisas já foram exaustivamente pensadas, só precisam ser feitas. Você não vai encontrar o nome perfeito para o seu blog, você não vai achar o tema perfeito para o seu post, você não vai encontrar o momento perfeito para lançar aquele projeto, nem escolher os detalhes exatos do seu produto. Faça o seu melhor. Faça o melhor que puder fazer. E faça agora.

 

 

Ps. A única coisa em que não estou aplicado o “faça agora” são os textos mais longos e mais elaborados (ou histórias de ficção), quando o cérebro trava e eu não consigo destravar (às vezes acontece, principalmente porque eu escrevo pouco antes de dormir). Aí eu costumo parar um pouco antes de perceber que o sistema vai entrar em pane. No dia seguinte, continuo. Escrevo um pouco por dia. Só não dá para “esperar inspiração”.