Sobre tráfico de órgãos. (E agora querem a presidência da república…)

pavesi2

A história do Paulo Pavesi já é bem conhecida. Seu filho Paulinho, de 10 anos, teve seus órgãos retirados ainda com vida em Minas Gerais, para tráfico de órgãos. O pai do garoto, apesar do sofrimento que passou, continua até hoje na luta para denunciar as atrocidades que acontecem sem que a população saiba. O mais assustador é que isso não foi feito em um porão por um açougueiro. Foi feito por médico, em um hospital, com conivência do governo de Minas, do PSDB. O que esse pai passou eu não desejo para ninguém. Hoje, ele vive sob proteção internacional. Essa história absurda infelizmente é verdadeira. Paulo mantém a página https://www.facebook.com/traficodeorgaosnobrasil e  o blog http://ppavesi.blogspot.com.br/.

Na página do Facebook, ele tem feito diversas denúncias contra Aécio e seus “homens de confiança”, envolvidos em atos abomináveis. Essas denúncias não são eleitoreiras, não são denúncias sem provas como os áudios da Globo ou as reportagens da Veja. Não foram feitas por bandidos. Aécio teria que ter muita cara-de-pau para chamar de “leviano” quem as levantasse, pois existem provas. Outras, precisam de investigação, mas por que não foram investigadas ainda? E por que a mídia é tímida para divulgar esse tipo de coisa, de interesse da população? Vale se informar a respeito do que esse pessoal fez em Minas Gerais, para meditar a sobre o caráter do grupo que a velha mídia apresenta como alternativa de “mudança” para o país nessas eleições.

Há indícios de que Carlos Mosconi, político mineiro de confiança de Aécio, esteja cotado para a vaga de Ministro da Saúde em um hipotético governo tucano. Aécio o manteve no governo de Minas Gerais, em cargos de confiança, mesmo depois de estourado o escândalo. Aliás, quer saber exatamente do que se trata? Leia esse artigo até o final: http://www.viomundo.com.br/denuncias/leandro-fortes-tucano-carlos-mosconi-um-feliciano-piorado-na-assembleia-mineira.html Eu me pergunto por que isso não se transformou em um escândalo de proporções estratosféricas na mídia. Por que será? Não é grave o suficiente?

 

 

PS: Leia também esse outro artigo de Leandro Fortes sobre o assunto:

http://www.cartacapital.com.br/politica/a-dor-de-paulo-pavesi

PS2: Leia também o post de ontem PSDB teria quebrado o Brasil na crise, para entender a diferença entre os dois modelos de governo que essa eleição nos propõe.