O que aconteceu de bom?

agenda2

Notícia ruim vende. Desgraça dá audiência (e audiência traz dinheiro). O mundo atual, movido pelo dinheiro, supervaloriza a tristeza, a tragédia e o caos. O problema é que, a partir do momento em que nos permitimos mergulhar nessa atmosfera de tensão e horror, transformamos nossas mentes em geradores de negatividade.

Já ouviu a expressão “você é o que você come”? Somos aquilo de que nos alimentamos. Se alimentamos nossa mente com coisas negativas, é com olhos negativos que vamos ver o mundo e interpretar as situações que nos cercam.

Você passa a se focar mais naquilo que não está bom na sua vida. Só enxerga aquilo que não tem. Só consegue perceber o que falta, o que não pode, o que não dá. Até conquista alguma coisa, recebe uma resposta de Deus, mas, pouco tempo depois, está lá, afundado na mesma lama, por dar ouvidos às vozes de negatividade e dúvida.

Como interromper esse ciclo de terror? A primeira sugestão que eu dou é: mude sua dieta mental. Fuja de notícia ruim. Não aceite participar de conversas negativas. A segunda sugestão é um desafio que tenho feito a mim mesma: faça uma lista das coisas que você fez. Vou explicar.

Costumo anotar na agenda, antes de dormir, tudo o que preciso fazer no dia seguinte. De manhã, leio a lista de afazeres e risco os itens conforme for completando. No entanto, eu não tenho uma rotina fechadinha. Às vezes tudo fica emaranhado, afazeres alienígenas pousam suas naves espaciais e uma guerra interplanetária acontece. Aí, tenho que repetir a lista no dia seguinte. Ver itens repetidos é desmotivador. Terminava o dia exausta e com a sensação de não ter feito quase nada.

Então, além dessa, adotei outra estratégia. No final do dia, escrevo no papel todas as coisas boas e úteis que fiz. Da primeira vez que fiz isso, me assustei, pois enchi uma página inteira da agenda com as atividades do dia e fiquei supermotivada. Tenho vontade de fazer mais e encher mais linhas no dia seguinte (começo a competir comigo mesma rs). Nem eu sabia que era tão produtiva.

Então, estendo o desafio: Sugiro que anote (anote, mesmo. Papel e caneta. Tem uma agenda? Melhor ainda!) no final de cada dia tudo o que fez e tudo o que aconteceu de bom (inclusive o que aprendeu, viu ou leu de bom). Faça isso por, pelo menos, um mês. Sem perceber, você vai treinar seu cérebro a procurar coisas positivas e a encontrar formas de fazer mais. A ansiedade vai diminuir, a motivação aumentará, assim como a energia diária.

Coloque seu foco no que é bom, positivo e útil e toda a sua forma de enxergar o mundo irá mudar. Aproveite que estamos no final da semana e pare um pouquinho agora mesmo para pensar nas coisas que fez esta semana e nas coisas legais e positivas que aconteceram. Faça um esforço e anote até mesmo as que parecerem minimamente positivas. Depois, me diga o que percebeu do seu balanço da semana. Essa será sua nova dieta para desintoxicar seus olhos e sua mente. Falaremos mais sobre isso depois, mas, por agora, esse é o seu desafio. Faça isso todos os dias e irá se surpreender.