Diferença entre novo nascimento e batismo com o Espírito Santo

804201544_23490_18367154815975947287

Várias pessoas me perguntaram isso, então achei que seria útil escrever a respeito. Primeiro, é bom deixar claro que novo nascimento, apesar de ser obra do Espírito de Deus, não é o mesmo que batismo com o Espírito Santo. E isso fica claro já na conversa entre Jesus e Nicodemos, em que Ele fala sobre a necessidade de nascer de novo. Essa conversa está no início do livro de João, no capítulo 3. O Espírito Santo só seria derramado sobre as pessoas depois que Jesus fosse para o céu, ou seja, ainda teria que viver mais 16 capítulos, morrer, ressuscitar, ficar um pouco por aqui, voltar para o céu e esperar mais alguns dias e o Espírito Santo só viria no livro de Atos. Como Jesus diria a Nicodemos para fazer alguma coisa que ainda não poderia fazer?

Na caminhada cristã, existem três eventos distintos e absolutamente necessários para alcançar e manter nossa salvação: a conversão, o novo nascimento e o batismo com o Espírito Santo. Não são rituais, não são fórmulas, não são botõezinhos a apertar — é bom que isso fique bem claro. Conversão é quando você reconhece sua situação espiritual, se arrepende dos seus pecados e assume Jesus como seu senhor e salvador, entregando sua vida a Ele. Então, o sacrifício dEle passa a valer para você, lhe dando o direito de se reconectar com Deus. É neste momento que você recebe o perdão de seus pecados e a salvação. Você não muda todo o seu interior naquele exato dia, mas decide mudar, com convicção de que não quer mais aquela velha vida. 

Depois disso, obviamente, você muda a direção da sua vida, seus hábitos e atitudes, pois quando se arrepende você odeia as coisas erradas que fazia e deixa de fazê-las. Se batiza nas águas para marcar o sepultamento da velha vida e o nascimento da nova vida. Então, começa a sua caminhada com Deus. Você se esforça para mudar. Quer conhecer a Deus, desenvolver uma intimidade com Ele e se estruturar espiritualmente, então procura descobrir (na Bíblia) como Deus é, o que agrada a Ele e como a pessoa deve ser para ser dEle. Conforme vai descobrindo, se esforça para praticar.

O segundo evento, o Novo Nascimento, acontece antes do batismo com o Espírito Santo por um motivo bem simples: ninguém nasce de uma hora para outra. Nunca vi um espermatozoide encontrar um óvulo e…POP pular uma criança para fora do útero automaticamente. Há um processo entre se conceber uma nova criatura e ser gerada essa nova criatura, até que nasça e possa receber o batismo com o Espírito Santo para manter a salvação (que já recebeu) e continuar crescendo, agora como filha de Deus.

Quem está esperando que o Espírito Santo desça para lhe dar forças para mudar, está entendendo errado. Primeiro, você se interessa e busca essa mudança. Você se esforça para vencer o pecado e mudar e o Espírito de Deus opera o novo nascimento (o que você não conseguiria sozinho) e ajuda você a desenvolver essa nova criatura. Mas até aí Ele está do lado de fora, preparando a casa com você. DEPOIS disso, já pronto para recebê-LO, você é cheio do Espírito dEle e, esse sim, é o batismo com o Espírito Santo. Aí, você é oficialmente uma nova pessoa. Ainda vai ter que crescer e se desenvolver, é claro. Mas já está nascida, selada e confirmada.

Quanto tempo entre a conversão e o recebimento o Espírito Santo? Depende. No meu caso, foram 8 meses (depois de 10 anos marcando passo na igreja por ser cabeça-dura. Sem sequer se converter, mas achando que já era de Deus por ter visto alguma melhora na vida…). O processo de novo nascimento pode demorar muito, pode demorar pouco, pode demorar quase nada. Depende do desenvolvimento da pessoa (e o desenvolvimento depende da pessoa, do nível de entrega). Alguns demoram mais, outros, menos. Mas o importante é nascer, mesmo que no ritmo de um bebê-tartaruga.

Por isso, não faz o menor sentido ter ansiedade para receber o Espírito Santo. O que depende de você é se esforçar para mudar o que consegue mudar e estar aberto para mudar o que Deus quiser mudar (ainda que seja algo que você não queira sacrificar). Eu me lembro que, nessa fase, tinha um pastor que me ajudou muito, sem saber (ele tem uns parafusos a menos, tipo eu). Uma das coisas que aprendi com ele foi que o mais importante a se construir é a estrutura espiritual. O fundamento e a estrutura. Conhecer o caráter de Deus e desenvolver meu próprio caráter à semelhança dEle.

Eu ia às reuniões com sede. Anotava TUDO e relia em casa (ainda faço isso). Estudava, mesmo. Orava, pedia a ajuda de Deus para entender o que não entendia e mudar o que não conseguia. Ele me orientava, era muito nítido que estava falando comigo, ainda que eu não sentisse, não ouvisse. Percebia claramente nas reuniões e na leitura da Bíblia que tudo se encaixava. E comecei a mudar (com dificuldades, claro) gradualmente coisas que nunca tinha conseguido mudar.

Então, depois de 8 meses nesse processo, recebi o Espírito Santo. De lá para cá, foram muitas lutas, muitos desafios e muitos gremlins. Eles não somem, a profissão deles é encher nossa paciência. Mas aos poucos vamos aprendendo a identificar, ignorar e rejeitar qualquer pensamento contrário. Paciência, perseverança e fé são as coisas que você precisa manter para alcançar seu objetivo. São coisas que o acompanharão até o fim.

Porque não existe um momento da vida em que a gente possa dizer: “ah, ok, já sei tudo, estou bem, minha fé está suficientemente madura, não preciso fazer mais nada”, se não precisasse fazer mais nada, não haveria necessidade do Espírito Santo dentro de nós! A guerra é diária e o relacionamento com Deus também é. Não dá para pendurar as chuteiras. Mas ainda que nos exija o esforço de pensar e agir (não dá para viver no automático), nos dá direito a uma vida que ninguém neste mundo consegue imaginar.

 

Leitura complementar (vai ajudar):

O que lhe faz pensar que não nasceu de Deus? (clique aqui para ler)

Desenvolvimento (clique aqui para ler)

Leite Racional (clique aqui para ler)

O trabalho de pensar (clique aqui para ler)

 

#JejumdeDaniel  #Dia 19
 

* Estamos em uma jornada de 21 dias de jejum de informações e entretenimento chamado Jejum de Daniel. Durante esses dias, os posts no blog serão voltados exclusivamente para o crescimento espiritual. Leia este post para entender melhor.

** Para quem não acompanhou ou para quem gostaria de rever os posts das edições anteriores do Jejum de Daniel neste blog, segue o link da categoria: http://lampertop.com.br/?cat=709 .