Reta final do Jejum de Daniel

 

Amanhã é o último dia do Jejum de Daniel, mas eu não vejo motivo para deixar de focar nas coisas de Deus e voltar para aquela loucura de notícias, redes sociais e excesso de informação. Estamos nesse propósito de esperar o derramamento do Espírito Santo na quarta-feira, mas isso não significa que Ele não esteja disponível em outros dias. Não é o cometa Halley que só passa a cada 70 anos.

Toda a ideia do Jejum de Daniel é criar um ambiente propício à fé e ao recebimento do Espírito de Deus. Quer uma dica bem legal para aproveitar bem esse último dia do Jejum? Não se permita alimentar pensamentos do tipo “ah, eu tenho que receber o Espírito Santo hoje para sentir que minha vida vale alguma coisa” muito menos “eu nunca vou receber o Espírito Santo”. Aliás, quando reconhecer que o pensamento é esquisito, mande ir passear no inferno e volte a se conectar com Deus. Não se esqueça, o importante é manter a sintonia.

Fique em espírito durante o dia (isso significa não bater papo com gremlin, não ficar pensando que não vai conseguir, que não tem jeito, que Deus não está nem aí para você e outras coisas sem sentido), ouça a Rede Aleluia, leia o blog da Cristiane e do Bispo Macedo. Tire um tempinho para conversar com Deus e ouvi-LO. Fale com Deus algo mais ou menos assim: “Deus, quero encontrar o Senhor e ouvir o que o Senhor tem a me dizer hoje. Sou muito grato por saber que o Senhor está comigo, caminha ao meu lado, me ajuda e me aceita. Percebo isso e valorizo isso. E quero que esteja também dentro de mim”. Entende a diferença?

Na ansiedade, na emoção (também conhecido em crentês como “na carne”), você diz querer o Espírito Santo, mas despreza tudo o que Deus tem feito, inclusive o que Ele tem tentado ensinar para fazer de você uma pessoa estruturada e firme na fé para receber o Espírito dEle. Quando está na fé, você aguarda paciente e confiantemente o cumprimento da Promessa. Você vai até a igreja sabendo que vai se encontrar com o seu Deus. Sabe que Ele estará lá esperando. Você acredita no que o homem de Deus diz no Altar. Inclusive que você receberá o Espírito de Deus.

Recebi o Espírito Santo em uma vigília, fazíamos oração de hora em hora. Não senti nada, mas realmente me entreguei a Ele e pedi que me enchesse do Seu Espírito conforme Ele promete em Sua Palavra que daria a quem pedisse. Eu tinha certeza de que Ele responderia, porque prometeu. Meu pensamento estava em me aproximar mais dEle.

Depois de 6 orações, já pela manhã, voltei para casa sem perceber nada de diferente, só feliz por ter tido a oportunidade de participar daquele momento. No dia seguinte, percebi que alguma coisa estava diferente. Eu acho que levei uns dois ou três dias para me dar conta de que aquela coisa diferente era permanente e que era o Espírito Santo que eu tinha pedido. É como se o Espírito Santo tivesse entrado com um silenciador rs. Então, esteja você buscando o batismo com o Espírito Santo ou a renovação do Espírito, não espere sentir nada. Não faça questão de sentir nada. Talvez você sinta, talvez não. Isso não importa. Isso é o de menos.

Tudo o que você passou nesse Jejum faz parte do seu processo de crescimento e amadurecimento. Tenho certeza de que Deus esteve e continua guiando e orientando você, querendo se aproximar cada vez mais e feliz por ver você se preparando para Ele. É importante saber a Quem você está buscando.

“Bem-aventurado aquele que tem o Deus de Jacó por seu auxílio, e cuja esperança está posta no Senhor seu Deus. O que fez os céus e a terra, o mar e tudo quanto há neles, e o que guarda a verdade para sempre; O que faz justiça aos oprimidos, o que dá pão aos famintos. O Senhor solta os encarcerados. O Senhor abre os olhos aos cegos; o Senhor levanta os abatidos; o Senhor ama os justos;” 

Salmos 146:5-8

“E rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao Senhor vosso Deus; porque Ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em benignidade, e se arrepende do mal.”

Joel 2:13

Benigno, compassivo, misericordioso, poderoso e justo. Faz justiça aos oprimidos, ou seja, o oprimido que vai até Ele não continua oprimido. Ele dá pão aos famintos, o faminto que chega a Ele é saciado. O cego que O busca tem seus olhos abertos. Ele levanta o abatido que O busca.

Repare que nenhum daqueles que chega até Ele com sinceridade e humildade, rasgando sua alma* diante dEle, continua na mesma condição de antes. Porque Ele quer transformar a vida daquele que O ama e até tornar justo quem antes andava na injustiça. Faz parte da Natureza dEle. Assim como a misericórdia, a fidelidade, a paciência, a verdade, a sabedoria, o amor, a benignidade e a justiça.

E não se esqueça de que Deus é perfeita Inteligência e Ele não precisa que você diga as palavras certas (tem gente que acha que precisa falar algumas palavras mágicas para a oração funcionar rs). Ele conhece você. Está escrito que Ele conhece a nossa estrutura e saber que somos pó. Mas também está escrito que Ele ergue do pó o desvalido e do lixo o necessitado e o faz assentar-se à mesa com os príncipes.

Esse é o Deus que você vai encontrar nesta quarta-feira.

.

PS: *”rasgar a alma” não é chorar até morrer. Rasgar a alma é ser honesto, falar tudo o que está dentro de você, confessar o inconfessável, ser humilde para assumir suas falhas, seus erros, seus pecados, entregar sua vida como oferta no Altar, dar a Ele permissão para desvirar você do avesso e colocá-lo do jeito certo.

#JejumdeDaniel  #Dia 20
 

* Estamos em uma jornada de 21 dias de jejum de informações e entretenimento chamado Jejum de Daniel. Durante esses dias, os posts no blog serão voltados exclusivamente para o crescimento espiritual. Leia este post para entender melhor.

** Para quem não acompanhou ou para quem gostaria de rever os posts das edições anteriores do Jejum de Daniel neste blog, segue o link da categoria: http://lampertop.com.br/?cat=709 .