Pensamento de futuro catastrófico

95997525-8ac5-4f68-9352-705681fc8a6c

Da série “Identificando a voz do gremlin”— parte 5

Já falei aqui que você deve ter alergia a drama, não é? E não tem nada mais dramático do que a visão que o gremlin dá em relação ao futuro. Sim, porque grande parte dos pensamentos que ele planta em nossa mente diz respeito ao futuro (próximo ou distante) e a coisas sobre as quais não temos o menor controle. Vamos à quinta característica que vai lhe ajudar a identificar um pensamento gremliniano:

Previsão de futuro catastrófico — O gremlin é o Nostradamus da novela mexicana. Segundo ele, o mundo vai acabar todo dia. Qualquer coisinha, por menor que seja, é capaz de destruir o universo. Ele quer convencê-lo de que, se você fizer (ou não fizer) determinada coisa, sua vida acabará para SEMPRE (olha o drama e o termo definitivo aí). Ou então, porque você fez (ou não fez) outra coisa, está tudo arruinado e NUNCA MAIS vai ter outra chance para você.

Mas COMO RAIOS ele consegue prever o futuro? Não consegue! O que ele tenta fazer é convencer você de que aquele futuro sombrio é a verdade. Usa muito drama, é claro (sem drama não há catástrofe). Algumas pessoas se convencem tanto que chegam a fazer o futuro sombrio que o gremlin previu acontecer. Por exemplo: você pensa que algo não vai dar certo e se hipnotiza com essa ideia de tal forma que age de modo contrário ao que deveria agir para fazer dar certo.

Ou então, o gremlin lhe diz: “ninguém gosta de mim, todo mundo me acha esquisito” e você, por acreditar nisso e olhar as pessoas mal, achando que elas não gostam de você, age de modo esquisito com elas, pois não reage ao que realmente está acontecendo e, sim, ao que ocorre dentro da sua cabeça.

Você age de modo esquisito, mantendo distância, e elas apenas reagem aos sinais que você envia. Você, então, interpreta essas reações como confirmação de que NINGUÉM gosta de você. Olha que coisa de doido! É o que a ciência chama de “profecia autorrealizável”, a gente mesmo faz acontecer por acreditar muito nela.

Gremlins fazem festas gremlinianas para comemorar esse tipo de atitude, pois só abre mais espaço para eles, que começam apenas sugerindo pensamentos na cabeça da pessoa e daqui a pouco já estão tomando banho de piscina dentro do cérebro dela. Bora começar a acreditar em coisa que preste?

Não lhe parece muito mais útil usar esse poder que sua cabeça tem para definir as coisas que você quer? Começar a dizer e a pensar coisas boas a respeito de si mesmo, começar a esperar o melhor e a procurar confirmações de que essas coisas boas acontecerão?

Por isso — e lá vou eu bater nessa tecla — é absolutamente necessário que você alimente seus pensamentos com aquilo que é bom, puro, justo, verdadeiro e que o coloca para cima. E se mantenha longe do que lhe faz mal, ainda que seja algo de que goste muito. O sacrifício vale a pena. Afinal de contas, é do seu futuro que estamos falando.

Se o passado foi ruim e o presente não está sendo lá grandes coisas (e vice-versa), pelo menos o seu futuro você pode fazer ser diferente. Para isso, é preciso total atenção às suas atitudes e pensamentos AGORA. Desenvolvendo intolerância a esse padrão negativo agora, você evita viver por ele no futuro. E, vá por mim, seu eu de amanhã irá lhe agradecer.

Parte 1: Tudo eu

Parte 2: Pensamentos gerados por sentimentos.
Parte 3: Adjetivitis negativus aguda

Parte 4: Não generalize

Parte 5: Pensamento de futuro catastrófico

Para ver todos os posts da categoria Renovando a Mente, clique aqui

.

*Para quem está chegando agora: “gremlin” é como chamo os monstrinhos invisíveis que imagino sentados em nossos ombros sugerindo pensamentos negativos. Eu os imagino com aquela cara dos monstrinhos do filme Gremlins, principalmente para não querer um troço desses no meu ombro.