Para não errar:

1 – Não tome nenhuma decisão enquanto estiver em dúvida. Tenha certeza de alguma coisa e – só então – decida.

2 – Não tome nenhuma decisão por impulso, emoção ou no calor dos acontecimentos. Se estiver em um turbilhão emocional, sente-se, relaxe, desligue, entregue para Deus, tire a sua cabeça disso, vá fazer alguma outra coisa…só depois que estiver EM PAZ tome a sua decisão.

Como saber se você está com a cabeça no turbilhão emocional?

Se você:

– Só pensa no problema.

– Só fala no problema

– Percebe que a maioria das suas postagens nas redes sociais são sobre o problema ou “indiretas” para aqueles que foram responsáveis pelo problema ou por alimentá-lo

Sua vida tem girado em torno da situação ruim que você está vivendo. Você está no meio do turbilhão emocional e deve arrumar uma maneira de tirar sua cabeça de dentro dele (ainda que o problema não termine, o importante é conseguir ter paz de espírito) antes de tomar qualquer decisão.

Faça uma oração pedindo direção de Deus, entregue a Ele, confie. Essa é a única maneira que eu conheço de se obter paz e conseguir enxergar o problema com clareza e frieza necessárias para se livrar dele – ou de suas consequências.  Se você conhecer outra, vá em frente. O importante é evitar os dois itens enumerados acima antes de tomar qualquer decisão.

PS: Se já tomou a decisão, talvez não seja tarde para voltar atrás. Se já for tarde, você precisará de mais paz de espírito ainda para decidir o que fazer daqui para diante. Então os conselhos continuam válidos.

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *