Diálogos insanos – elogios

Davison inicia o assunto, ao se deparar com uma atitude minha que o surpreendeu:

– Foi muito sábio isso.

– Pois é, nem sei como eu pensei nisso.

– Estou muito impressionado, que ultimamente você tem feito coisas muito inteligentes.

– …

– Quero dizer, você tem feito coisas inteligentes com bastante frequência, uma atrás da outra.

– …

– Isso foi um elogio!

—-

Hahahahahahaha….lembra a minha mãe, quando eu ainda estava namorando à distância e fui mostrar a ela o kit-Davison, para convencê-la de que ele era um cara legal: o seus textos no blog, seus cartuns e um arquivo de áudio com ele cantando “If”, do Bread e “Annie’s song”, de John Denver. Achei que ela ficaria tão impressionada quanto eu, ao perceber que eu havia encontrado um rapaz que gostava de fazer exatamente o que eu também gostava de fazer: escrever, desenhar e cantar! Ela, que sempre foi minha fã número um, me surpreendeu com o comentário espontâneo:

– Puxa, Vanessa! Tudo o que você faz ele faz melhor!

Hahahaha…e os dois são tão parecidos que às vezes desconfio que ele é o filho dela, e não eu.

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *