Pesadelo de hoje:

Sonhei que minha irmã (a mais velha, mas no sonho ela tinha a minha idade) iria se casar e eu precisava ajudá-la com os preparativos. Já estava quase na hora da cerimônia e eu me dei conta de que não tinha levado minha maleta de maquiagem. Eu estava completamente sem maquiagem!!! Fui, então, à casa da minha mãe, que era perto da igreja, pegar a maleta. Lá encontrei minha avó, conversei com ela, com minha mãe, com minha outra irmã, com minha prima Graziela, com meu primo Igor…havia um casal de gatinhos novos e acabei me distraindo. Depois voltei para a igreja quase em cima da hora e me dei conta de que novamente havia esquecido a maquiagem. Estava chovendo muito e não tinha como voltar sem perder a cerimônia. Já estava todo mundo lá: meus irmãos, minhas cunhadas, minha mãe, minha irmã e muitos conhecidos. E eu, sem maquiagem! Só mesmo em sonho é que eu sairia de casa sem maquiagem alguma no rosto…mas o que conferiu a esse sonho, que tinha tudo para ser legal, o ar de pesadelo foi estar em cima da hora para uma festa e não poder me maquiar.  Meu cérebro conseguiu, com economia de recursos, fazer um pesadelo sutil e assustador. Monstros, terremotos, astros caindo do céu, invasões alienígenas…para  quê?  Nada disso me assusta mais, eu olho e já percebo: “ah, é um sonho”.  Meu cérebro já percebeu que se quiser realmente me assustar, tem de ser mais discreto e criativo. E hoje acertou em cheio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *