O desafio

Deus olhou para o calendário e disse:

– Viu que hoje é sábado?

– Pois é, eu vi, essa semana passou voando e eu não consegui terminar isso ainda. – Respondi, sem tirar os olhos do que eu estava fazendo. Percebi que Ele deu um suspiro, daquele jeito que Ele faz quando precisa inspirar um pouco mais de Sua infinita paciência. Parei de digitar.

– Não vai fazer o texto para o blog?

– Ué, achei que eu estava dispensada de escrever no blog.

– Você não está incentivando outras pessoas a criarem seus blogs e escreverem?

– Estou.

– Como quer incentivar outros a fazerem se você mesma não dá o exemplo? – Antes que eu pudesse tirar minha resposta pronta da cartola, Ele destroçou meus argumentos, sem que eu sequer tivesse tido chance de desenvolvê-los:

– Você se lembra do que o Meu filho Renato disse, naquela reunião com os jovens? Peraí – e apertou o “play” em seu gravador. Pude ouvir a voz do bp. Renato dizendo algo como: “Eu escrevo seis vezes na semana. Por quê? Porque eu tenho muito tempo? Não!” – Deus parou a gravação, deu alguns segundos de silêncio para que eu pudesse meditar.

– Sim, mas eu achei que não se aplicasse a mim porque, o Senhor sabe, eu escrevo o dia inteiro e eu preciso entregar o…

– Vanessa, Eu sei de todos os seus prazos, de todos os seus trabalhos e também sei do seu tempo. Mas sei também que é possível tirar dez minutos para escrever alguma coisa no blog todos os dias.

– Dez minutos?

– É. Que tal o desafio? Dez minutos, todos os dias. O que conseguir escrever em dez minutos, pode publicar. Se não conseguir, continue no dia seguinte, desde que não seja menos de três vezes por semana.

– Mas para que isso?

– Você vai descobrir depois. Simplesmente faça.

– Mas sobre o que vou escrever?

– Qualquer assunto. Você vê notícias todos os dias. Escreva sua opinião a respeito delas. Desenvolva o argumento. Defenda suas ideias. Você lê textos ou livros, você passa por situações, faz comentários, você tem opinião sobre tudo, até sobre as coisas mais banais. Escreva. Pode ser depois do almoço ou pouco antes de dormir.

– Não precisa ser algo muito profundo?

– Não precisa ser nada que você julgue ser profundo. Tudo o que você escrever será útil, até o que for aparentemente inútil. Isso é um desafio. E Eu sei que você gosta de desafios.

– Combinado. Ainda não sei qual resultado isso trará, mas o Senhor tem razão, não posso cobrar dos outros o que eu mesma não fizer.

 

 

PS: Tenho que avisar: eu não ouço vozes, não tenho visões, essa é uma obra literária, não uma descrição de alguma experiência sobrenatural. (Pior é que eu realmente tenho que avisar isso…rs) Mas, de uma certa maneira, eu creio que Deus me disse algo assim. Logo, mãos à obra! 😛

5 comentários sobre “O desafio

  1. Mariana Letícia disse:

    Nossa….amoooooo o jeito como escreve, amo mesmo, sou “viciada” no seu blog, venho sempre aqui ver se postou algo aquele dia, mas como vi que andou meio sumida eu resolvi ler o seus textos antigos KKK e vou ler até acabar…e olha, acho que deveria escrever um livro!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *