Como lidar com comentários ignorantes e trolls? – Lampertcast

328927_6808

Como eu gosto de novidades, resolvi fazer uma 😀 Já faz um tempinho que tenho uma conta no Mixcloud (você não sabia, né? Pois é, ninguém sabia) e pensei que talvez pudesse aproveitar e começar a gravar podcasts. Mas estava demorando porque eu precisava ter tempo para gravar uma abertura, programar as sei lá o quê sei lá de qual jeito. Então, pensei: se não dá para fazer do jeito perfeito-maravilhoso-fantástico que eu estava querendo fazer, o que é melhor? Fazer o melhor que eu posso agora, com os recursos (tempo) que eu não tenho agora, ou não fazer? Aí eu optei pela primeira opção, por isso esse podcast ainda não tem abertura, nem edição, mas foi feito com muito amor e da melhor maneira que eu posso com as limitações que tenho. A vantagem é que certamente vai melhorar com o passar das semanas. 😀

Coloquei o nome de LampertCast porque, enfim, eu sou uma LampertPerson muito criativa…rs Que outro nome poderia ter meu podcast? 😀

O assunto de hoje talvez renda um texto. Se você tiver alguma dúvida, por favor, coloque nos comentários para que eu possa esclarecer. Eu tenho um sério problema de me irritar profundamente com as asneiras que leio pela internet e demorei um tempo considerável para aprender a lidar com isso de forma eficiente, sem prejudicar minha produtividade. Espero que seja útil.

Como lidar com comentários ignorantes e trolls?

Clique abaixo para ouvir no Mixcloud

http://www.mixcloud.com/vanessalampert/como-lidar-com-coment%C3%A1rios-ignorantes-e-trolls/

Como lidar com comentários ignorantes e trolls by Vanessa Lampert on Mixcloud

PS: Uma coisa que esqueci de falar é que é importante não ficar voltando para acompanhar o bate-boca. Resista! Qualquer dúvida, estamos aí! 😀

5 comentários sobre “Como lidar com comentários ignorantes e trolls? – Lampertcast

  1. José Carlos Santos (@JotaKar) disse:

    Vanessa, por mais racional q seja ignorar trolls, na real, não consigo, o q faço no twitter, é estabelecer um limite pra mim, mas me sinto obrigado a destruir os “não” argumentos dele antes de bloqueá-lo

    Abraços

    PS : Gostei da voz

    • Tem que ter muito estômago para fazer isso em larga escala, José. No meu caso, como começou a me fazer mal, eu tive que ser mais radical e me conscientizar de que não vou mudar a opinião de gente cabeça dura. Troll, então, pior ainda. Se alimentar, vira stalker. Deus me livre. Mas se essa sua estratégia funciona bem, pelo menos você colabora com o debate de uma forma mais ativa…rs. O importante é que não te faça mal. Antes que eu me esqueça: Fiquei feliz por vê-lo aqui! :-)

  2. Cada uma tem sua opinião e fala o que quer também. Realmente, na maioria das vezes não conseguimos mudar nada com esses bate-bocas! Se não traz bons resultados, então não vale a pena fazer isso! Como vc falou, é jogar tempo (precioso e escasso) fora!!

    PS.: Eu também não sabia da sua conta na Mixcloud, mas gostei da iniciativa e vou acompanhar os podcasts, ops… os Lampertcasts…rs. 😉

    Bjs

  3. Fernando disse:

    Oi Vanessa !

    De vez em quando eu navego no seu site para ver se há algo interessante (e quase sempre há !) Verifiquei que você agora inovou com o tal do podcast. Ficou muito bom. Na realidade você fala de forma simples, mas fala de coisas importantes. Acho que é este o motivo pelo qual eu gosto dos conteúdos que você constrói. Você fala de coisas importantes.

    Verifiquei também em um de seus textos que seu marido passou por momentos difíceis de saúde ultimamente. Aproveito para desejar a ele e a você toda a força, energia, vigor, saúde, enfim, felicidade.

    Um abraço,

    Fernando Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *