Sim, cortei de novo

curto

Curto, mas não tããão curto quanto da última vez. :-) Sabe aquela coisa de mulher que quando tem uma mudança importante por dentro, tem que mudar por fora? Pois é. Então. Estou equilibrando um poodle castanho em cima da cabeça. Tá bonitinho, pareço um cotonete descabelado. Se bem que também estou mais “gordinha”. Cheguei aos 58 quilos (êêêêê…mas espero que pare por aí, pois foi sem fazer força), sete a mais do que em meu mais esquálido período de 2008 (para quem quiser calcular meu IMC, a altura é 1,72 Mas não esqueça meus dois centímetros de estimação…um e setenta E DOIS faz com que me sinta menos baixinha :-) ). Então, sabe aquelas árvores de desenhinho de criança? Pois é, eu estou mais ou menos assim. Exceto a copa verde, of course.

Diferentemente do que foi em novembro de 2005, desta vez não foi nada planejado. Cortei o cabelo do Davison, a tesoura olhou para mim, eu olhei para a tesoura, e resolvi eliminar as pontinhas estragadas. Então fui cortando, me empolguei, cortei, cortei, cortei e, quando vi, tinha cortado. Primeiro pedi autorização por escrito do senhor meu marido…hahahaha…ele disse que não se importava com comprimento, desde que eu mantivesse os cachinhos. Coloquei isso no contrato :-) Cláusula irrevogável.

Depois coloco uma foto melhor, minha câmera está irritantemente chiliquenta ultimamente.

2 comentários sobre “Sim, cortei de novo

  1. Ficou linda! Ando com vontade de meter a tesoura nas minha madeixas também. Gostei da história do contrato, vou propor isso ao marido aqui, assim talvez ele deixe eu cortar.

    Bjs e saudades :o)

    • Patrícia, é uma libertação, menina!!! O único problema é que meus cachinhos em dias mais úmidos acordam muito felizes, muuuuito felizes….hahahahaha… Sabe que de vez em quando é bom olhar no espelho e ver uma cara totalmente diferente? Se você não gostar, depois ele cresce e volta tudo ao normal. Mas eu estava precisando dessa renovada. Com cabelo curto você é obrigada a se arrumar, fazer uma maquiagem legal, não pode se render ao desleixo nos dias mais preguiçosos…risos…dá uma ajuda e tanto na auto-estima, porque te obriga a manter uma rotina de mulher bonita. Invariavelmente, a gente que fica em casa na maior parte do dia, acaba se entregando à preguiça de se arrumar, prende o cabelo de qualquer jeito e esquece dele por ali, porque dá para esconder. Sei lá se isso é assim com todo mundo, mas comigo funcionou. Sem contar que cachinhos mais curtos fazem uma moldura super legal ao rosto. Se conseguir convencer o marido, me avise, que quero ver fotos!! 😀 Você vai ficar ainda mais linda de cachinhos felizes!

      Beijos!! Também estou com saudade! 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *