O refúgio

protected-1246726

“Ouve, ó Deus, a minha súplica; atende à minha oração. Desde os confins da terra clamo por Ti, no abatimento do meu coração. Leva-me para a rocha que é alta demais para mim; pois Tu me tens sido refúgio e torre forte contra o inimigo. Assista eu no teu tabernáculo, para sempre; no esconderijo das Tuas asas, eu me abrigo.” (Salmos 61.1-4)

Em várias passagens a Bíblia se refere a Deus como refúgio, abrigo, torre forte, fortaleza, esconderijo… Em tempos de angústia e ansiedade, em que as pessoas estão se sentindo perdidas e desorientadas, é um bálsamo saber que existe um Esconderijo no qual podemos nos abrigar.

E, ao contrário dos esconderijos deste mundo, em que as pessoas ficam encolhidas e acuadas (portanto, mais perdidas), o Esconderijo do Altíssimo serve como Fortaleza. De lá, podemos, em segurança, contra-atacar. Estamos protegidos. Ele nos defende. Isso não nos fragiliza, mas nos fortalece ainda mais.

O único lugar de abrigo, de refúgio, de refrigério e de proteção é debaixo das asas de Deus. E como acessar esse lugar de proteção? Por meio da oração sincera de um coração quebrantado, aberto a Deus. Dia desses uma moça me perguntou como poderia fazer para encontrar a Deus, se ela não acreditava nEle. Engraçado. Ela queria encontrar Deus, mas foi convencida (por sei lá que influência invisível em sua mente) de que não acreditava nEle. Ora, se você quer encontrar Deus, já é um passo para desconfiar de qualquer pensamento que o leve a crer que você não acredita ou que não tem vontade de buscar. Você quer, está pensando nisso, tem interesse nisso…logo, você acredita mais do que acha que acredita. E sua vontade de buscar é maior do que você imagina.

Minha resposta para ela foi: fale isso para ele. Diga: “Deus, eu quero muito Te conhecer, ter uma experiência Contigo, ter essa Vida dentro de mim, preencher meu vazio. Quero muito Te encontrar, mas não acredito no senhor. Preciso dessa mudança na minha vida, mas não faço ideia de como conseguir e peço que me ajude”. Sério, você pode orar assim. Você pode falar com Deus com suas palavras, de uma forma bastante sincera. As pessoas subestimam o poder de uma oração sincera, mas é esse tipo de oração que Ele ouve.

Para ter acesso ao abrigo que a Palavra promete que encontraremos nEle, a chave é a sinceridade. Ele sabe o que você pensa. Ele sabe o que você está sentindo. Não adianta tentar fazer uma oração mais bonitinha para impressionar. Não tem como esconder nada dEle ou enganá-Lo. Ele vê exatamente quem somos. Então é melhor tocar a real, rasgar a alma e ser o mais honesto possível. E, ali mesmo, Ele responderá.

#JejumdeDaniel  #Dia4

PS: Amanhã tem novo post aqui.

PS2: Estamos em uma jornada de 21 dias de jejum de informações e entretenimento chamado Jejum de Daniel. Durante esses dias, os posts no blog serão diários e voltados exclusivamente para o crescimento espiritual. Leia o post do dia 19 para entender melhor.

3 comentários sobre “O refúgio

  1. Quantas foram as vezes que orei de forma mecânica para Deus e qual foi o resultado dessas orações? Nenhum. Pareceu que minhas orações bateram no teto e voltaram. Mas todas as vezes que me abri com Deus e falei tudo o que se passava dentro de mim, não teve uma vez que Ele não me respondeu. A oração sincera é o que faz a diferença diante de Deus.

  2. Vanessa, admiro muito a simplicidade e ao mesmo tempo profundidade de suas palavras. Dá para entender que elas são reflexos do que você vive, não é uma teoria, uma ideia, não! É uma convicção da sua parte, a mesma convicção que quero ter.
    Quando li este post e vi o exemplo da jovem que passaste. Parece até que foi eu quem te perguntou isso. E sua resposta veio para intensificar minha sinceridade perante Deus. Nunca tive coragem de falr sobre isso. Até que um pastor aqui da região me perguntou algo que nunca imaginei que um pastor perguntaria : se acredito em Deus. Respondi que as vezes não.
    Vivo em um ambiente acadêmico repleto de incredulidade , tenho inumeros exemplos de jovens familiares que se afastaram da igreja (talvez por incredulidade ou falta deste encontro com Deus)e mesmo tendo crescido na igreja ainda não creio muito. Preciso dessa certeza em mim. Vejo que o mundo não tem nada que possa me oferecer. O que vocês viveram/vivem e pregam parece ter mais sentido que este mundo vazio. Vivo um vazio constante, como se meus esforços para viver nao estivessem valendo, mas procuro por essa resposta. Estou no Jejum de Daniel, considero esta minha última oportunidade, preciso conhecer o Deus verdadeiro.

    • Thaynara, você está muito mais perto de conhecer a Deus do que imagina. Quem não crê não tem essa sede que você demonstra. Sabe qual é o seu problema? Está ouvindo a voz errada. Eu conheço essa voz, porque já passei exatamente pela mesma situação que você está passando. Esse pensamento vem em primeira pessoa, para você achar que é seu.

      Mas o confronte com os dados concretos: quem não crê não tem essa sede que você demonstra. Sua atitude mostra a sua fé. É exatamente esse tipo de fé que move a mão de Deus. Se mantenha firme nesse propósito e você receberá a Vida de verdade. Muito antes do que você imagina. :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *