Quem é o Espírito Santo?

sky-1571018

Fui membro de uma igreja evangélica adepta do movimento do “cai cai” (fanerose) em que o “Espírito Santo” é visto como uma energia mucho loca que derruba as pessoas no chão e faz elas tremerem como se estivessem manifestadas com um espírito maligno. O resultado era visível na vida das pessoas…muito exercício de maus olhos, igreja-clube, carnalidades e julgamentos. E esse espírito esquisito pairando sobre a coisa toda.

Como estamos em período de Jejum de Daniel, é bom que você saiba o que está buscando e tenha muito cuidado com o conteúdo que se apresenta como “espiritual”. Esse espírito que derruba pessoas e que faz com que elas fiquem gritando e se sacudindo descontroladamente não é o Espírito Santo. Sempre que afirmo isso, aparece alguém para me alertar que posso estar blasfemando contra o Espírito Santo ao dizer que aquilo é um espírito enganador. Eu asseguro: não estou. Por que tenho certeza disso? Porque essa imitação grosseira é tão grosseira que, depois de conhecer o verdadeiro Espírito Santo, não tem como duvidar da identidade do enganador.

As pessoas chegam ao cúmulo de dizer que minha experiência foi diferente da experiência do Benny Hinn porque “o Espírito Santo se manifesta como ele quiser”, como se houvesse um Espírito Santo personalizado, customizado, para cada tipo de pessoa. Isso é espírito de confusão, meus amigos. E Deus não é Deus de confusão. “Sentir” alguma coisa ou ter uma experiência sobrenatural não significa que essa experiência foi conduzida por Deus, ainda que tenha sido induzida por alguém que fale em nome dEle. Você precisa conhecer a Deus para reconhecê-Lo. Não podemos acreditar em qualquer espírito que se diga de Deus. Blinde sua fé, não se alimente da palavra de quem defende esse espírito confuso.

O Espírito Santo é UMA pessoa. Ele é Deus. Tem a personalidade de Deus. O caráter de Deus. Ele não se descaracteriza a ponto de se parecer com um demônio. Isso nunca aconteceu e nunca acontecerá. Se você ler a Bíblia de Gênesis a Apocalipse, verá nitidamente um Deus que valoriza a razão, a ordem, a inteligência, a fidelidade, liberdade e responsabilidade. Nunca um Deus de caos e bagunça, que derruba pessoas e lhes tira a autonomia, leva a transes, descontrole ou choques elétricos.

O problema é que as pessoas enveredam nessas mitologias criadas pela religião e se esquecem de que só há uma forma real e concreta de se conhecer verdadeiramente a Deus: por meio da Sua Palavra, sem tirá-la do contexto. Jesus é apresentado, no início do Evangelho de João, como “A Palavra que se fez carne”. Ele é o único mediador possível entre Deus e os homens porque a Palavra de Deus é o próprio Deus. Por meio do Espírito da Palavra, que é o Espírito Santo, você tem a oportunidade de conhecê-Lo não como uma energia descerebrada que faz as pessoas terem sensações, mas como Quem Ele realmente é.

O trabalho do Espírito Santo, descrito por Jesus, é um trabalho totalmente racional:

“Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em Meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito.”
João 14:26

“E, quando Ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo. Do pecado, porque não creem em Mim; da justiça, porque vou para meu Pai, e não me vereis mais; e do juízo, porque já o príncipe deste mundo está julgado.

Ainda tenho muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora. Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, Ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de Si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir. Ele Me glorificará, porque há de receber do que é Meu, e vo-lo há de anunciar.”

João 16:7-14

Convencer o mundo, guiar em toda a verdade anunciando a Palavra de Deus, anunciar o que recebeu, ensinar e fazer lembrar das palavras…todas essas atividades exigem o uso da razão, e não do sentimento. Deus não é esquizofrênico. Deus não tem transtorno de personalidade múltipla. Ele é o que é. Tanto é assim que Ele se apresenta a Moisés, quando ele pergunta o Seu nome: “Eu sou o que sou”. Ele é o mesmo Deus de toda a Bíblia. Nunca mudou e nunca mudará. É por isso que vale a pena conhecê-Lo. Porque Ele não muda, podemos confiar em Sua Palavra e viver por ela.

“Quem de Mim se alimenta, por Mim viverá.” João 6.57

 

 

PS:  Os comentários indignadíssimos (que no meu blog eu deleto, porque podem causar confusão) são feitos nas resenhas dos livros que não são o que parecem. Essa série eu escrevi para que as pessoas aprendessem a ter cuidado com o que leem, pois nem tudo é o que parece na literatura evangélica. O que eu cito no post é o Bom dia, Espírito Santo, do Benny Hinn.

#JejumdeDaniel  #Dia16

 

 

 Amanhã de manhã tem novo post aqui.

** Estamos em uma jornada de 21 dias de jejum de informações e entretenimento chamado Jejum de Daniel. Durante esses dias, os posts no blog serão diários e voltados exclusivamente para o crescimento espiritual. Leia o post do dia 19 para entender melhor.

10 comentários sobre “Quem é o Espírito Santo?

  1. Rosangela disse:

    Eu já li o livro “Bom dia Espírito Santo”, mas confesso somente absorvi o fato de aprender a tratá-lo como pessoa, o que eu não fazia. O livro não teve influência no meu comportamento em sensações, pois tenho orado e pedido a Deus entendido para obedecer a Sua palavra e fazer a Sua vontade. Mas o que gerou dúvida aqui foi: como a irmã fala sobre experiência sobrenatural que não pode ser, mas nós sentimos a presença Dele, meu Deus tudo que senti é carne, falei em línguas ( e sabia o que falava), senti uma alegria que parecia não ter fim, estou tão confusa, porque eu sinto a presença do Espírito Santo em todo o tempo, converso com Ele 24 horas, sinto Ele como meu Fiel e verdadeiro amigo. “[…] vou derramar meu Espírito sobre todo tipo de gente – Seus filhos vão profetizar e também suas filhas. Seus jovens terão visões e seus velhos terão sonhos. Vou derramar meu Espírito até sobre os escravos, tanto homens quanto mulheres” (Jl 2.28-29). Mas pareceu tudo irreal ao ler a resenha. Como se as sensações que tive foram mentiras. E eu sinto Ele comigo, pois é quem me direciona em toda minha vida.

  2. Mateus Albuquerque disse:

    Olá Vanessa! Sempre acompanho suas publicações aqui no blog. São textos que têm me ajudado muito. A resenha do livro Somos todos filhos de Deus?, me ajudou bastante no que diz respeito a nascer de Deus verdadeiramente.
    Já fazia um tempo que não entrava aqui no blog, mas lendo o blog da dona Cristiane (vou fazer que nem você: usar os parênteses para falar algo engraçado. Pode acreditar: mesmo sendo homem acompanho o blog dela, da dona Viviane, o seu e de outras, pois o conteúdo pode até ser voltado para o público feminino, mas eu transformo para o lado masculino, rs, tirando proveito para a minha vida, especialmente no sentido espiritual) ela indicou o seu blog no Jejum de Daniel e, aí, eu entrei ontem e “devorei” seus textos. Já li e reli só de ontem para hoje. Então, ao ler Quem é o Espírito Santo?, lembrei de meu pai que é evangélico e frequenta a Assembléia de Deus, e acredita no “cai cai” como sendo uma manifestação do Espírito Santo. Mandei o seu texto no whatsapp para ele e ele respondeu o seguinte:

    SÓ QUE ESSE AUTOR DESSE TEXTO NÃO EXPLICOU QUE EM ATOS 2.4: E TODOS FORAM CHEIOS DO ESPÍRITO SANTO E COMEÇARAM A FALAR EM OUTRAS LÍNGUAS, CONFORME O ESPÍRITO SANTO LHES CONCEDIA QUE FALASSEM, EU, RAIFRAN, GOSTARIA QUE ESSE AUTOR DO TEXTO ACIMA COMENTASSE ATOS 2.4, ATOS 2.5, ATOS 2.6 DENTRO DESSE CONTEXTO QUE ESSE AUTOR DO TEXTO ACIMA ESTÁ FALANDO. PORQUE EM ATOS 2.5 E 6 DIZ:E EM JERUSALÉM ESTAVAM HABITANDO JUDEUS, VARÕES RELIGIOSOS, DE TODAS AS NAÇÕES QUE ESTÃO DEBAIXO DO CÉU. E CORRENDO AQUELA VOZ, AJUNTOU-SE UMA MULTIDÃO E ESTAVA CONFUSA, PORQUE CADA UM OS OUVIA FALAR NA SUA PRÓPRIA LÍNGUA. VIXI, O AUTOR DO TEXTO ACIMA VAI FICAR CONFUSO, PORQUE A MULTIDÃO FICOU CONFUSA, POIS OUVIA FALAR CADA UM NA SUA PRÓPRIA LÍNGUA. GOSTARIA DE OUVI-LO COMENTAR ISSO. É MUITO FÁCIL PEGAR TEXTOS ISOLADOS E ENGANAR AS COITADAS DAS OVELHAS. LAMENTO PELAS OVELHAS. AUTOR: RAIFRAN

    O que você me diz a respeito do que ele falou Vanessa?
    Ah, eu sou bem parecido com você: gosto de escrever e, diga-se de passagem, bastante. Sempre que escrevo meus familiares e amigos da igreja dizem que nem perdem tempo lendo meus textos… Kkkkkk
    E tenho aquele mesmo problema que você para imaginar algo na minha mente. Acontece comigo a mesma coisa de se pôr diante do Trono de Deus… Kkkk

    • Oi, Mateus! Não entendi a pergunta do seu pai. Em que parte do texto eu digo que não há manifestação do Espírito Santo com o falar em outras línguas? E em que parte do texto de Atos 2 diz que caíram, tremeram, gritaram descontroladamente? Acho que ele não leu direito o meu texto, pois não contradiz o texto Bíblico em ponto algum. Acho que ele se agarrou à palavra “confusão” e resolveu fazer uma resposta confusa rs. (A propósito, quem disse que Deus não é Deus de confusão foi o apóstolo Paulo, não eu, em 1 Coríntios 14.33, no capítulo em que ele fala justamente sobre o culto ser feito com ordem, sem bagunça.)

      Aliás, o comentário dele apenas prova que o espírito enganador é espírito de confusão. Quer minha opinião sobre esse tipo de discurso religioso? Não adianta tentar convencer pelo argumento, pois o raciocínio deles não tem lógica (vide exemplo). O espírito enganador é enganador e distorce o que a gente diz. O texto foi escrito para pessoas que estão querendo conhecer a Verdade. Não tenho nenhuma pretensão de convencer quem não quer. Por esses, a gente só pode orar, para que despertem. Tenho pessoas assim na minha família, também, e é isso que faço. Eles não têm condições de entender o que entendemos, então não faz sentido confrontar.

      E se você gosta de escrever, mas seus familiares e amigos não valorizam, crie um blog! No começo, vai parecer que você está falando sozinho, mas depois de um tempo, aparecem uns leitores legais que valorizam. 😀

      Abração!

  3. Excelente.
    Eu tinha uma amiga da época de escola que me perguntou se conhecia esse Beny Hinn.
    O livro e o autor haviam virado uma febre.
    Todo mundo de repente estava muito interessando nesse livro. Ela cada dia vinha com uma história.

    Ela me contava a respeito de um outro lugar onde havia uma manifestação em forma de animais (oi?!)
    A verdade é que as pessoas gostam de coisas estranhas. Cheguei a essa conclusão.
    Quanto mais estranho, mais chama o interesse.
    Hoje essa amiga infelizmente virou atéia.Pois é..

  4. Como sempre eu vou ter q concordar com vc em gênero, número e grau!
    Eu tb já fui das igrejas do cai cai..
    Hj nao sou mais, mas msm qndo era eu não entendia aquela PALHAÇADA toda! Sinto muito por usar esse termo, mas é isso msm. Tanta gente chorando rioooooooos, algo completamente desconexo e eu ficava incomodada comigo msm por não entrar na minha cabeça q “aquilo” era o Espirito Santo!!! Como assim???? Han???

  5. Olá, Vanessa!
    Antes demais, os meus parabéns pelos textos incríveis. Gosto muito de ler e assim aprendo escrever melhor graças a sua maneira de escrever.

    Tenho uma pergunta.
    Como faço ter entendimento na Palavra de Deus sem depender dos bispos, pastores? Não quero mais ter muitas informações acerca de Jesus. E muito ser levada pela cabeça dos outros.
    Quero ter encontro real com Deus apesar de eu não ter levado a sério esse Jejum.
    Obrigada pelas mensagens. Ajudaram imenso.
    Que Deus lhe abençoe e ai seu esposo muito mais
    Beijinhos

    • Jarlenys, a coisa é muito mais simples do que parece. Leve a sério as propostas de Deus. Entre no Jejum com todas as suas forças a partir de hoje, não importando se ele acaba no domingo.

      A única forma de ter entendimento da Palavra de Deus sem depender dos outros é recebendo o Espírito Santo. Só por meio de um relacionamento direto com Ele é que você conseguirá ser espiritualmente independente. É claro, isso não exclui a necessidade de frequentar a igreja, pelo contrário, quando você tem o Espírito Santo, Ele fala muito forte com você dentro da igreja e se torna o seu lugar preferido em toda a Terra. Mas é diferente de DEPENDER de pastor para entender as coisas.

      A única maneira de ter um encontro real com Deus é levar a sério e buscá-Lo como se sua vida dependesse disso. Porque, na verdade, ela depende disso.

      Beijos!!

      • 20 Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.Mateus 18:20.

        Perdoe-me, acho justo nos congregarmos, porém dizer que Deus prefere templos feito por mãos humanas, contraria o que ele mesmo diz em: Atos 17:24 O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens;

        • Luis Roberto, onde eu escrevi que Deus prefere templos feitos por mãos humanas???? Eu disse que a igreja se torna o lugar preferido DA PESSOA QUE TEM O ESPÍRITO SANTO. E se torna, mesmo. É essa a razão de versos como “eu amo a habitação da Tua casa e o lugar em que a Tua glória assiste”. Tenho certeza de que, se você reler o comentário com atenção suficiente, entenderá o que eu disse.

          Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *