Dica para produzir conteúdo decente

1176000_57367526

Eis algo que, infelizmente, anda em falta até entre jornalistas: apuração. O que mais se vê hoje em dia é jornalismo-preguiça, que acredita na primeira fonte que vê pela frente e publica primeiro, para pesquisar depois. Sempre que resolver escrever sobre um assunto, pesquise.

Mas não confie em apenas uma fonte, pesquise mais. Existem milhões de opiniões sobre cada coisa neste mundo. Existem inúmeras linhas de pesquisa sobre o mesmo assunto, umas mais consistentes que outras. Há poucos consensos no mundo.

Leia, tente se inteirar bem sobre o assunto, entenda aquilo que vai dizer e saiba adequar a pesquisa à mensagem que você quer passar. Ao pesquisar, talvez a pauta até mude ou você encontre material para mais textos. Seja como for, o importante é passar os dados da maneira mais correta possível para o leitor.

Seja muito curioso e até um pouco chato. Cheque datas, nomes, citações e locais. Se for citar uma música, um versículo, uma expressão em outro idioma, uma frase famosa ou qualquer coisa que você conheça de cor, não confie em sua memória. Jogue no Google. Não custa nada.

E — óbvio — não use textos dos outros como se fossem seus (nem sequer um trecho), é desonestidade intelectual. Se for citar algo escrito por outra pessoa, coloque entre aspas e dê os créditos. Coloque o nome do autor e o link de onde você tirou aquela citação. Seja ético.

Se você está falando sobre um assunto polêmico ou se um hater surgir pelo seu caminho, pode ter certeza de que ele vai checar todas as informações, procurando um furo para usar contra você no tribunal (ou na caixa de comentários). Antecipe-se a ele. Seja seu próprio hater buscando furos. Tape os buracos.

Se vai usar uma palavra que não conhece muito bem, não confie no que ela parece significar para você. Você não a conhece direito. Vá buscar informações a respeito. Fale com o pai dela. Consulte um dicionário.

Não confie em matérias de jornais ou de revistas. Pesquise. Verifique tudo o que puder. Pode ser que você erre em um texto ou outro, ninguém é perfeito. Mas, pelo menos, vai saber que fez o seu melhor.

2 comentários sobre “Dica para produzir conteúdo decente

  1. Jornalistas por favor, ouçam a Vanessa! rsrsrs sério todos deveriam ler isso, talvez assim diminuiria a ignorância informal e a sociedade em massa poderia formar melhor suas próprias opiniões, sem que sejam influenciadas pelas informações incompletas, falsas ou até mesmo maliciosamente impostas pelos veículos de comunicação que temos hoje no nosso país. #ficaadica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *