Moisés morreu

moises-josue

“Moisés, Meu servo, é morto” (Josué 1.2) Assim Deus começa sua primeira conversa com Josué, sucessor de Moisés. Provavelmente Josué estava cabisbaixo, chateado pela morte recente do líder que os guiou pelo deserto por tantos anos. Deus, então, chega sem emoção, sem meias palavras. O interessante é que a única referência que Ele faz a Moisés durante a conversa, é essa. Daí para diante, Ele só fala do presente e do futuro.

Em outras palavras, o passado não importava mais. O que aconteceu, aconteceu. O que passou, passou. O passado morreu. Você não pode andar adiante se carregar dentro de si o passado.

“Moisés, Meu servo, é morto”. Não adianta ficar se lamentando, sentindo a falta, curtindo o sentimento de pesar pela morte de uma pessoa querida. Não adianta ficar sofrendo por alguma coisa que aconteceu ou por algo que você fez e não pode desfazer. Não dá para voltar no tempo e alterar as coisas. Então, olhe para frente. Deus foi duro nessa forma de falar? Sim, mas a fé é dura, não tem sentimentalismo, ela olha para frente. Deus foi objetivo, prático.

Você se enfraquece e se fragiliza quando tenta unir fé e sentimento. Não funciona, pois enquanto a fé se esforça para impulsionar você para frente, o sentimentalismo puxa você para baixo e para trás. E, infelizmente, o padrão negativo é mais forte para o ser humano do que o positivo. Se colocar a vida em piloto automático, o sentimentalismo vai ganhar e você será arrastado para baixo. Aliás, tentando unir fé e sentimento, na melhor das hipóteses você vai ficar estagnado, sem sair do lugar. A única forma de andar para frente é por meio da fé, sem dúvidas, sem medo, sem choro nem vela.

“Moisés, Meu servo, é morto; dispõe-te agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que dou aos filhos de Israel.” (Josué 1.2)

Depois de encerrar o assunto “Moisés” (em cinco palavras), Deus dá uma ordem: “dispõe-te agora”. Não é depois de chorar, não é daqui a pouco, nem amanhã ou semana que vem. É agora! Pare de olhar para trás, o passado acabou. O que você tem é daqui para frente. Se disponha agora a deixar para trás o que passou e seguir adiante, olhando para frente.

 Deus já deu a terra, já deu Seu Espírito, já entregou o que prometeu. Mas nós precisamos nos levantar e seguir adiante, para conquistar o que já recebemos dEle. Temos uma porção de coisas a fazer, uma responsabilidade enorme nas mãos. Não dá para perder tempo pensando na morte de Moisés, pensando no que aconteceu, pensando no que não deu certo, no que você não fez ou no tempo que perdeu (perder tempo pensando no tempo que perdeu…vê se pode!). Você está aí, está vivo, está bem, está entendendo as coisas agora. Olha que oportunidade! Vá em frente e faça o que tem de fazer.

Aliás, olha a tranquilidade de Deus dando a ordem facinha para Josué: “segue agora com essa multidão e atravesse esse rio para tomar posse de uma terra cheia de gente que não vai querer sair”.  Oi? Como assim?

Que fácil, não? Primeiro, “atravesse o rio”. Como assim? A nado? De barco? Como a gente vai fazer? Deus não disse e Josué não perguntou. Simplesmente foi e obedeceu. Fez o que tinha que fazer porque sabia que Deus estava com ele. Quando Deus está com você, o difícil fica fácil, o impossível não existe. Ficar questionando como as coisas vão acontecer é um procedimento inútil quando quem lhe diz que vão acontecer é Quem sabe de todas as coisas. Só confie e vá em frente.

.

#JejumdeDaniel #Dia18

Para comentar, use o formulário abaixo. Para ler a política de comentários deste blog, clique aqui

PS: Para os leitores que estão pedindo que eu publique meus livros: eu tenho vários projetos iniciados, preciso só me organizar melhor para concluir algum, pois faz muito tempo que não consigo mexer neles (falta de tempo, mesmo). Se puderem orar por mim, prometo que faço minha parte rs.

PS2: Por falar em orar, eu oro diariamente por todos os leitores do meu blog, para que Deus lhes dê entendimento e sabedoria e para que tenham intimidade com Ele. Façam a parte de vocês, praticando o que aprendem, que o resultado já está garantido. :)

9 comentários sobre “Moisés morreu

  1. Oi Vanessa. Vdd não dá para ficar chorando a ‘morte da bezerra’. Já fui extremamente sentimental e emotiva. Enquanto fui assim minha vida espiritual não desenvolvia. Eu ficava em um círculo vicioso de chorar, orar aos prantos e continuar chorando. Foram 2 anos vivendo como uma dracma perdida dentro da igreja. Qdo a ficha caiu e Deus me deu um chacoalhão tudo mudou.

  2. Joara - Cenáculo do Riacho Fundo II - Brasília - DF - Brasil disse:

    Amém. Obrigada. Que bênção de texto. DEUS a abençoe mais e mais a cada dia. Obrigada por obedecê -lO. Você vai conseguir sim. Amém. Que todos nós possamos praticar esses maravilhosos textos. Amém. Que Jejum de Daniel incrível, abençoado.

  3. Bom dia!
    Vanessa,
    pode deixar que eu vou orar por você! Cada post seu é uma benção na nossa vida.

    Deus te abençoe a cada dia e que te use muito mais. Beijos!!!

  4. Eu amo a senhora sem conhecer
    Não pare nunca de escrever aqui
    Eu já leio o blog há muito tempo mas nunca comentei, mas como a senhora fica muito feliz vou fazer isso sempre rs
    Bjo

  5. Tudinho para mim, rsrsrs, depois que encontrei sua pagina, leio sempre, amo esse jeito leve e sem demagogia que você escreve seus textos, falam diretamente comigo. Detalhe sou daquelas que revira toda sua pagina mais nunca havia comentado os textos. Agora vou estar sempre por aqui!!! Bjssss

  6. Conheci seu blog recentemente, e quer saber? AMEI!! Seu repertório é atualizadíssimo, vai direto ao assunto, sem mimimi! Está acrescentando muito em minha vida em todas áreas. Deus a abençoe em tudo. Beijos!
    Mônica Andréa

  7. Oi Vanessa…
    Durante todo o dia li esse post..acho q foi pra mim…
    Obrigada, bjs.
    Ps: Sou leitora assídua do teu blog
    Desde q te achei vasculhei tuuuudo
    Amaaaava ficar lendo aqueles textos q vc escrevia pra aula de augura coisa q não lembro o nome agora … Uma delas é “sobre velórios” fiquei fascinada.
    às vezes eu não comento pq nem sempre a minha internet quer colaborar..
    Outras vezes não dá mesmo..
    Outras vezes quero escrever algo inteligente, mas dai não consigo tirar as palavras do meu cérebro e passar pra cá..rs…
    Acho q eu to q nem a Marta do post anterior…

  8. Ficar preso ao passado é como amarrar uma corda na cintura, correr e ficar olhando pra trás. Moisés morreu! Fazer o quê? Seguir adiante. Certamente Moisés está melhor que nós. Decidir olhar pra frente e seguir é libertador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *