Dando crédito à voz do gremlin

200_s

Li hoje, por acaso, um texto que postei em outro Jejum de Daniel, uns dois anos atrás (vou colar ao final desse post), era a resposta ao seguinte comentário de uma leitora do blog do Bispo:

“Bispo eu já não suporto mais viver como vivo! São 13 anos que vou à igreja, praticamente nasci nela, que peguei firme mesmo e resolvi me entregar fazem 2 anos! Logo no começo me enganei achando que tinha o Espirito de Deus e estava convencida na igreja e não convertida! Todos os meus frutos eram maus, ao chegar o ponto de minha mãe que tbm é da igreja dizer que depois que comecei a ficar mais na igreja e aparentemente envolvida com as coisas de Deus, eu estava bem pior do que antes! Ah bispo isso me matou por muito tempo, até que resolvi realmente ter um encontro com Deus! Mas eu não tenho força, não tenho ânimo para as coisas de Deus, eu O desejo, mas não consigo tirar de mim toda essa frustração.

Eu sou aquela velha criatura que faz, faz mas nada nunca acontece na minha vida, sou um rio seco, parado no tempo! Ouço tantas pessoas dizerem dessa Água insesgotável, e eu nunca VIVI nada parecido, e parece que nunca vou viver! Pra mim a minha vida é essa, parece-me que não sou uma escolhida de Deus, por isso tamanha luta. Comecei o jejum firme e forte, mais isso foi só os 3 primeiros dias! Agora já nem oro mais, pois nada acontece pra mim. Bispo me ajuda, eu estou abaixo do poço, e já não tenho mais saída a não ser aceitar a minha condição!

Ana Carolina

( Vou colar a resposta ao final desse post, calma.) Achei que valeria a pena publicar novamente, pois creio que pode ajudar a outras pessoas que estão na mesma situação. Mas talvez eu respondesse hoje de forma mais incisiva, porque quando li o comentário da guria (sério, não me lembrava), fiquei irritada com a quantidade de palavras negativas. (Já fui viciada nesse tipo de linguagem. Hoje em dia, tenho alergia a isso.)

Além do que eu escrevi, também diria: pare de ficar com pena de si mesma! Você só vai receber o Espírito Santo quando parar de ouvir a voz do diabo e começar a ouvir a voz de Deus. O segundo parágrafo do comentário é praticamente psicografado! Consigo imaginar direitinho um demônio bem asqueroso, com cara de gremlin, empoleirado no ombro dela, dizendo aquelas coisas no ouvido dela (foi mal aí, caro leitor. Arranjei um “problemão” para você. Agora você nunca mais vai conseguir pensar esse tipo de coisa impunemente. Toda vez que pensar “nada nunca acontece na minha vida”, “não tenho mais saída a não ser aceitar minha condição”, “não vai dar certo”, “não vou conseguir”, você vai imaginar um gremlin falando isso empoleirado no seu ombro hahaha).

Como receber o que Deus quer dar a você se dá mais crédito à palavra do mal do que à palavra dEle? Dá vontade de chacoalhar a pessoa e dizer: amiga! ACORDA! Para andar com Deus a gente também tem que renunciar à nossa vontade de conversar com gremlins. Porque às vezes é legal conversar com gremlins. A gente sofre, sim, dói, mas o foco está todo em nosso sentimento. Dá uma estranha sensação de importância. É como se eu fosse a atriz principal de uma novela mexicana.

Não pense que sou insensível.Estou falando isso porque por anos fui vítima do complexo de vítima dirigido por gremlins de outra dimensão. Um dia vou colocar aqui alguns trechos dos meus diários de adolescência e das poesias que eu escrevia na época e você vai entender por que fiquei com trauma desse tipo de erro de pensamento. Eu sei que a pessoa está sofrendo de verdade. Mas sejamos honestos: se você realmente quer sair desse buraco, tem que colocar sua fé em prática. E a fé é AGIR sobre a Palavra de Deus, independentemente de sentir ou não. É reivindicar de Deus o cumprimento da promessa dEle porque sabe que Ele é verdadeiro e cumpre Sua Palavra.

Não sei o que aconteceu com a Ana Carolina, mas espero que tenha conseguido vencer a si mesma, derrotando a voz dramática interior e esteja em plena atividade na luta para ajudar outras pessoas a se livrarem dos seus próprios gremlins. Se não fosse alguém potencialmente perigoso para o mal, ele não se esforçaria tanto para neutralizá-la.

Segue minha resposta ao comentário (escrita em 2015, mas ainda válida):

Ana, quando o Bispo Macedo diz que os sedentos são escolhidos a dedo pelo Espírito Santo, ele não está dizendo que algumas pessoas são escolhidas e, para as demais, não tem mais chance. O que ele quer dizer é que Deus viu alguma coisa naquelas pessoas e, por isso, as escolheu. Somos nós que nos fazemos escolhidos. Quer saber realmente como resolver essa situação? Pare de se focar no que você não consegue, nas suas frustrações, no passado e comece a se focar naquilo que você quer.

Se você quer essa Água, então você já está sedenta. PARE de dar ouvidos à voz que diz “nada acontece para mim”, “eu não sou escolhida por Deus”, “nunca vou viver isso”, “não tenho mais saída a não ser aceitar a minha condição”. Isso é a voz do diabo! É o maldito espírito enganador que não quer perder você. Não se engane, esses pensamentos não são seus, são plantados na sua mente para tentar parar você. Não espere sentir ânimo para as coisas de Deus. Vá até Ele e diga tudo isso que você escreveu aqui nesse comentário.

Passei pelo que você passou, até obreira fui sem ter nascido de Deus. Sabe quando eu tive um encontro com Deus? Quando decidi que iria me esquecer de tudo o que eu achava que sabia e de toda a minha vivência dentro da igreja até então (meu raciocínio era: se até agora eu não O encontrei, é porque não entendi nada direito! Então, não valeu de nada o que eu achava que sabia).

Pedi a Ele que me ensinasse do zero, eu ia me esforçar para manter a mente limpa como alguém que está chegando na igreja hoje. Ia à igreja sem condições físicas para tal, sem sentir vontade, sem ânimo algum, mas acordava às cinco da manhã para pegar a primeira reunião, no frio do inverno de Porto Alegre, de ônibus, porque nosso carro resolveu quebrar justo nessa época (por que será, né?). Ia para ouvir o que Ele tinha para me ensinar. Isso já era sede, ainda que eu não soubesse. Mesmo não sentindo vontade de ir, a minha atitude mostrava a minha decisão. Escolhi esquecer todo o passado e ignorava qualquer sensação que viesse contrária ao que eu havia decidido.

Eu queria nascer de Deus, como você quer. E lutei contra meus pensamentos e contra meus sentimentos. Me fiz de doida, mesmo. E decidi que não iria desistir enquanto não mudasse. Aí não tem jeito, quando você DECIDE e se mantém firme (parecia teimosia, mas era perseverança. Contra o diabo a gente pode teimar rs), é impossível não chamar atenção de Deus. Ele é quem seleciona. Ele é quem escolhe. Não importa o que você fez no passado (mesmo que esse passado tenha sido há duas horas), mas o que decide fazer HOJE. Como em um processo seletivo, quem se dedica mais é escolhido. O Reino dos Céus é tomado por violência. Somos escolhidos não pelo que fazemos do lado de fora, mas pelo que mostramos para Ele do lado de dentro. Não uma perfeição ou extrema santidade, mas humildade, sinceridade e desejo de estar com Ele.

Não se deixe enganar pelo mal, pegue toda essa energia que você mostrou nesse comentário e que você tem usado para destruir sua confiança, lembrando do passado e alimentando a frustração e a negatividade e a use para agarrar a corda que está aí no poço com você. Sacrifique esse passado aí e a vontade de ficar remoendo o que aconteceu e se achando a última das criaturas. Não deixe mais o diabo enganar você. Aceitar a miséria espiritual NÃO É ALTERNATIVA. Dê um chutão no diabo, agarre a corda e use todas as suas forças para ser 100% honesta com Deus, sair do poço e se tornar uma fonte de Água Viva.

.

PS: Vale a pena ouvir também o podcast de hoje da Cristiane Cardoso “Nada é por acaso”— clique aqui para ouvir.

#JejumdeDaniel  #Dia5

 Amanhã tem novo post aqui.

** Estamos em uma jornada de 21 dias de jejum de informações e entretenimento chamado Jejum de Daniel. Durante esses dias, os posts no blog serão diários e voltados exclusivamente para o crescimento espiritual. Leia este post para entender melhor.

8 comentários sobre “Dando crédito à voz do gremlin

  1. Alexandre disse:

    Realmente esses post de Gremilins estao abrindo meus olhos e me fazendo lembrar de tudo que obreiros, pastores e jovens do FJU me falam e eu não dou ouvidos. Não entendia porque mesmo fazendo tudo direitinho ou pelo menos me esforçando para fazer eu venho manifestando toda terça-feira e morro de vergonha. Mas como determinei passar por cima do meu orgulho, deixar de lado outras necessidades e focar na minha libertação para eu receber o Espírito Santo, resolvi engolir meu orgulho, minha hipocrisia e minhas vaidade. Mesmo assim não paro de manifestar e sempre os obreiros falam que tenho que vencer o diabo na mente determinando minha libertação e crendo. Mas sempre vem aquela voz: “você erra muito”, “olha o seu passado”, “você não tem sede de Deus”, “os outros conseguem com pouco tempo e você com 3 anos de Igreja nem se libertar consegue “. E esses pensamentos vem seguidos de uma vontade de desistir e voltar a prática do pecado. Mas agora estou conhecendo a Verdade e creio que já estou Nascendo de Deus dia após dia porque minha sede não se mede pelo que sinto mas pelo que venho fazendo para Encontra-Lo.

    • Exatamente, Alexandre!! Você errou, mas decidiu não errar mais. É isso o que Deus vê, e pronto, acabou. Qualquer pensamento que diga o contrário disso está mentindo para você. E agora você está aprendendo a blindar a sua mente e mandar o gremlin catar coquinho na esquina. A vantagem é que depois que a gente se liberta desses gremlins fica com tanta raiva deles que muda MESMO, fica com nojo daqueles pensamentos passados e se torna muito mais forte do que alguém que nunca passou por isso.

  2. Adélia disse:

    Só ha um erro nesse post,e ele está bem no inicio rsrs:”li hoje, por acaso”
    Acaso coisa nenhuma!
    A senhora não tem ideia do quanto foi usada por Deus pra me ajudar.Obrigada !

  3. Luciana disse:

    Esse post de hoje era tudo que precisava ouvir,tenho 5 anos e 9 meses de igreja e comecei a me cobrar demais,a me entristecer me sentir angustiada,porque nessas ultimas semanas em quase todas reuniões que tenho ido tem falado de pessoas que estão há anos na igreja mais não nasce de Deus,que é mais fácil uma prostituta se entregar do que alguém com 20 anos de igreja,que não adianta ter muito tempo de igreja se você não tem o Espírito Santo a qualquer momento você pode sair por não ter Ele,e comecei a agir a minha fé a lutar contra tudo para alcançar o meu,mas o que eu ouvi na reunião de domingo e ontem me abateu foi como um balde de água fria em mim sinceramente,em meu intimo já não estava tão determinada como antes,mas mesmo assim eu comecei a resistir,falando que vou chegar lá,lutando para para pensar positivo,e ainda hoje pela manhã falava com Deus que já ia para seis anos que estou na igreja e nada,que era para eu está em uma condição diferente da atual,ontem também desabafei com Deus falei a agonia que estava em meu interior,que eu precisava saber quem eu sou,e me senti aliviada,mas ao ler esse post minha mente clareou, pois falei com Deus que é como se minhas fé estivesse morta,sem obras,vejo a resposta de Deus para mim,não sei nem mesmo descrever ao certo o quanto esse post me ajudou,muito obrigada.E hoje foi a primeira vez que entrei em seu blog ,pois era desconhecido para mim

    • Luciana, felizmente, você não desistiu, desabafou o que sentia com Deus e Ele a trouxe até aqui para fazer você acabar com a novela mexicana e picotar o gremlin. Continue nessa fé e mantenha o seu foco racional, sem desviar para o que você sente. Entenda o seguinte: a voz de Deus não coloca a gente para baixo. Se um pensamento te coloca para baixo, é a voz do gremlin. E não estou falando do que o pastor diz no altar, mas do que você pensa em casa ou mesmo na igreja. É o seu pensamento que gera seus sentimentos, que geram a interpretação do que você ouve.

      Quando o pastor fala que não adianta ter muito tempo de igreja se não tem o Espírito Santo, ele não está dizendo isso para a pessoa desistir, pelo contrário, é para despertar quem está acomodado com isso e não se deu conta da necessidade de recebê-LO (acredite, tem gente assim). Mas esse não é o seu caso, você não está nesse grupo. Você está há cinco anos na igreja, não tem o Espírito Santo, mas QUER e está buscando. Continue nessa fé e pode ter certeza de que O receberá.

      Grande abraço!

  4. Débora disse:

    Poxa Vanessa! Seus posts estão me ajudando muito. Leio o blog do Bispo mas são as palavras que Espírito põe em você que tem me ajudado!

  5. Cristina disse:

    Olá Vanessa… gosto muito dos seus post e engraçada a forma como você escreve… mas a verdade é que se imaginarmos o que descreves te de facto vamos ficar com raiva desse bichinho na nossa orelha… obrigada pelo carinho e dedicação

    Cristina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *