Renovando a mente — Uma visão geral

803115784_12559_9138496371839264789

Toda mudança da mente vem em etapas e você monta o quebra-cabeça aos poucos, à medida que descobre o que fazer e como fazer. Vou usar uma frase que aprendi lendo A Mulher V: Não é fácil, mas é perfeitamente praticável.

Funciona da seguinte forma:

Etapa 1: você está lá, infeliz e rastejante, completamente ignorante (no sentido de “aquele que desconhece ou ignora algo”), sem saber o que está errado. Você está no modo automático-emotivo. Seus pensamentos são quase todos baseados em sentimentos e você vive no modo reativo.

Nessa fase, é fácil o gremlin tomar o comando dos pensamentos (e, consequentemente, da vida) da pessoa. Ao dirigir sua forma de pensar, ele dirige suas emoções e sua vida. E, com a mente sequestrada, talvez você nem perceba a extensão do dano. A primeira ruptura acontece quando descobre que a realidade depende de como a gente vê. Você pode mudar a sua realidade ao mudar a forma de pensar.

Etapa 2: descobre que precisa mudar e até aprende o que fazer, mas, no começo, parece que não vai conseguir. Mesmo quando se esforça, precisa ficar se lembrando o que fazer toda hora, pois ainda não é natural. Sua forma distorcida de pensar ainda parece que é a realidade e o gremlin tenta convencê-lo de que está se enganando.

Parece que aquela forma de pensar é sua, que você viveu assim todos esses seus 845 anos de vida e nunca vai mudar. (Consigo até ver o gremlin esperneando e gritando isso no seu ouvido, apavorado com a possibilidade de você descobrir que consegue, sim, mudar seu padrão de pensamento e acabar com a festa dele.)

Esse é o momento ideal para o gremlin convencê-lo a desistir. Na verdade, essa é a última oportunidade que ele tem de fazer isso e levá-lo a pensar como antes. Porque perto do final dessa fase, você toma a pílula vermelha e, definitivamente, sai da matrix.

Teimosamente (teimoso no sentido de “aquele que insiste, que não desiste facilmente”), decide duvidar do pensamento dramático: “Como assim nunca vou conseguir? Só vou descobrir se nunca vou conseguir se eu nunca desistir”. E continua até a…

Terceira etapa: quando começa a abrir os olhos e identificar os pensamentos do gremlin com cada vez mais facilidade à medida que o tempo passa. E isso tem uma razão lógica: como estava em uma dieta de dramalhão mexicano em doses cavalares diárias, seu paladar detector de drama estava saturado.

É como comer um monte de açúcar ou um monte de sal, você nem percebe quão doces ou salgadas as coisas realmente são, seus sensores estão todos esculhambados. Pode levar um tempinho até a sensibilidade ao drama voltar a níveis saudáveis. Você está se desintoxicando de comida de gremlin.

Conforme for se habituando a identificar os pensamentos negativos e substituí-los por uma forma mais inteligente de pensar (vamos ajudá-lo nisso), você fortalece sua mente e coloca suas emoções no lugar delas —um espaço bem mais limitado do que estão acostumadas a ocupar. O gremlin, nessa fase, perde força.  

Quarta etapa: a nova forma de pensar definitivamente substitui a antiga e se torna natural. Você não precisa mais pensar em todos os passos, já está habituado a eles. Terminou sua desintoxicação e agora é só exercitar os músculos que desenvolveu.

Nessa fase, o gremlin já está morrendo de inanição porque você não o alimenta mais. O mundo está diferente, a vida está mais leve e você quase não reconhece a pessoa que era há tão pouco tempo — e não tem a menor saudade dela. E começa a ver diante de si inúmeras oportunidades que não via antes. Essa é uma vida bem mais colorida e você percebe que o sacrifício valeu a pena.

Estamos em um propósito intensivo para a renovação da mente. E, nesse processo, é preciso estar consciente dessas etapas para evitar ser enganado com a conversa-padrão do gremlin e sua lógica furada de “está muito difícil, logo, não vou conseguir” (como se a sensação de dificuldade fosse prova de que não vai dar certo…se as coisas fossem assim, ainda viveríamos em cavernas…). Você vai ter que fazer um esforço, sim, e talvez por mais tempo do que gostaria, mas  garanto que, no final, vai dar graças a Deus por ter insistido.

 

.

PS: O Jejum de Daniel acabou, mas os posts vão continuar. :) E ele meio que nem acabou muito para mim, já que hoje fiquei longe de notícias seculares, descobri que não me fazem falta. Cheguei à conclusão de que o noticiário parece aquelas novelas que os autores esticam para render. Se assistir a um telejornal ou ler as notícias de um portal de notícias uma vez por semana, vai perceber que é mais que suficiente.

 

12 comentários sobre “Renovando a mente — Uma visão geral

  1. gabriela alves disse:

    Que bom!vejo que estou evoluindo a cada dia!é uma guerra mais tenho certeza que vou vencer!ogremlin perdeu!rs arrebentou!

  2. Tathy disse:

    Infelizmente tive uma crise muito grande em relações aos gremilins vou ter que recomeçar o estado de drama ainda me persegue .
    Mais eu realmente desejo mudar !!
    O que mais me incomodou ou me supreendeu esses dias foi alguém falar tantas coisas boas sobre mim quando eu mesmo nao conseguia enxergar assim …Eu imediatamente lembrei das suas postagens e a pessoa ainda comentou nao faça isso com vc nao se faça de coitadinha,você tem varias qualidades que você nao enxerga devido a esse drama hoje ao acordar cedo fui ao espelho falei pra mim mesmo coisas boas sobre mim e regeitei as mentiras dos gremilins vou ter realmente de voltar a identificar voltar pra 1* etapa mais a minha mente será renovada..
    Bjus Vanessa Deus te abençoe sempre !!

  3. Adélia disse:

    Olha… Eu sei exatamente do que vc ta falando,Tive essa experiencia,mas infelizmente o gremlin me pegou numa estrategia e me fez destruir tudo.Mas não tem problema pq dessa vez me levanto muito mais forte!
    Que bom que vai continuar!O feriado acabou e meu tempo n tá mais o ms pra acompanhar o blog.Até msm pq eu acompanho tbm D.Nanda, Cris… Mas vou acompanha sim! sabia que esses dias eu consegui identificar gremlins e até amarrei pensamentos? kkkkk
    Beijo!!!

  4. Débora disse:

    Me identifico com a segunda etapa, estou começando a ver as coisas menos verde, sem “gremilismos”. Pra falar a verdade, desde o último comentário que fiz aqui parece que os gremlins estão em silêncio, estou bem atenta por que sei que eles vão voltar.

    Fico muito grata por saber que esses Posts vão continuar, vejo que Deus está me guiando por meio deles, eu PRECISO renovar minha mente. Ainda estou naquele processo pra receber o Espirito Santo ciente de que preciso construir uma estrutura espiritual, estou trabalhando nessa estrutura para estar pronta pra recebe- Lo.

    Não quero me importar com quanto tempo vai demorar, confesso que tenho medo de voltar a ouvir os gremlins, sei isso me afastaria de receber o Espirito.

  5. Elaine disse:

    Estou no final da segunda etapa. Reaprendendo a pensar e a viver pela fé (depois de 20 anos de igreja e 10 anos no modo automático-emotivo). Estou mais perseverante (mesmo quando os antigos pensamentos e as dores psicossomáticas insistem em ficar). Estou focada! Tão focada que esqueci a correria acadêmica do último ano do curso de Letras, os livros, os projetos… só vivendo a renovação da mente. rs

  6. Neuza disse:

    Muito obrigada pelos seus posts que me têm ajudado a querer e estar mais próxima de Deus e conhecer o Seu caminho.
    Que Deus a abençoe.

  7. Até uns dias atrás eu me identificaria na etapa três, depois de ler aqueles primeiros posts sobre a renovação da mente eu já estava conseguindo identificar a voz do gremlim e me forçar a ignorar . Acontece que de uns dias pra cá isso mudou muito. Tenho estado extremamente triste e desanimada ( mas não parei de buscar ), sem paciência e com o coração angustiado, pelo seguinte;

    Primeiro, sempre me considerei uma pessoa inconveniente e inadequada, um fardo, um estorvo, até para os que não me conhecem, até mesmo para Deus! ( por isso evito comentar)Acredito que tudo o que faço e digo é completamente irrelevante, ou pior, inadequado. E tudo isso ganhou força e se enraizou, quando passei um tempo com uma pessoa da família que estava muito ferida e machucada, devido a problemas que teve . De certa forma me sentia oprimida pela aquela pessoa ( não foi culpa dela, ela estava muito ferida e é natural que um pessoa machucada acabe ferindo quem se aproxima ) e foi exatamente aí que tive certeza de que eu era/sou o lixo do mundo, a pior das criaturas, a ponto de ter vergonha de mim mesma e por isso evitar sair, evitar conversar com amigos com medo de eles perceberem o quanto sou burra e inútil, não consigo tirar proveito de algo que leio/estudo por acreditar que sou incapaz de aprender algo, independente do quanto eu me esforce ( talvez por isso essa dificuldade com a bíblia), acredito que só falo tolices, por conta disso sempre que falo algo experimento um forte sentimento de culpa e arrependimento .
    Tenho orado por essa pessoa para não nutrir nenhum sentimento mau, e porque não quero passar a minha vida inteira refém daquelas palavras . Afinal, ela não tem nenhuma responsabilidade sobre como me sinto.

    Segundo, comparação, esta parece uma ação automática. Me considero inferior a tudo e todos, por isso estou sempre me comparando. Isso também acontece na minha vida espiritual, ao ver pessoas falando sobre como Deus lhe falou poderosamente através da bíblia, do prazer que experimentam durante a busca, ou do quanto tem provado do cumprimento das promessas, e não vendo o mesmo na minha vida comecei a CRER que não tenho conseguido honrar e agradar a Deus e por isso não vejo o mesmo em minha vida espiritual .
    O que acontece é que acredito que tudo que acabei de contar está intrinsecamente ligado a minha pessoa, como se Danuza fosse sinônimo de tudo isso acima

    Repare, não estou em busca de comiseração ou pena, não mesmo! Jamais me exporia desta forma se realmente não desejasse uma transformação ( já que sempre deixo tudo bem guardado). Quero ser uma mulher forte, independente, que sabe bem quem é, e não dependo do que os outros ou o gremlim pensa e diz de mim. Quero colocar as minhas expectativas em Deus, honra-Lo e agrada-Lo com a minha vida, mas percebo que estou errando o alvo!
    Estou desesperada por uma solução !

    • Danuza, eu sei que você não está em busca de comiseração ou pena, mas está mergulhada em estado de drama agudo. Você sabe que esses pensamentos todos são falsos, mas se deixa levar por eles porque é o que sente. Isso é uma decisão. Pode parecer que não, mas acreditar nesses sentimentos é uma decisão que você tem tomado.Você conseguiu se forçar a ignorar por um tempo, depois escorregou e voltou a entrar no estado de drama. Agora, se levante e volte a ignorar. Você já encontrou a solução, apenas pratique dia após dia, pois essa parte da sua vida de viver pelo que sente já ficou para trás. Agora você está aprendendo a andar. Deu alguns passinhos e caiu. Agora se levante de novo, dê mais passinhos e, em breve, estará correndo por aí.

  8. Fran Hoscheidt disse:

    Essa renovação da minha mente tem acontecido, sempre me cobrei muito e por causa de todos os erros do passado tinha sempre uma idéia, inconsciente, de que não merecia ser feliz. E aí quando buscava a Deus, pedia pra Ele me pedoar, mas com um certo ressentimento de mim mesma, e como sentia que não estava conseguindo, me condenava ainda mais. Estou aprendendo a ficar do meu lado, seus posts ajudam MUITO, Deus te abençõe.

  9. Viviane disse:

    Que bom que os posts vão continuar .Gosto muito de suas mensagens ,participar do Jejum de Daniel ja é uma bênção e suas mensagens faz com que saiamos dele mais fortalecidas.

  10. Cecília Conceição disse:

    Bom dia! Desde o começo do jejum tenho lido os posts da senhora, tem me ajudado demais, gostaria de agradecer por compartilhar tudo isso.
    Quero renovar a minha mente, ser uma nova pessoa, e confesso que com relação as acusações dos gremlins, estou bem mais resistente, todas as acusações estão se evaporando aos poucos, uhuuuuuuuuuuul, rs.
    Deus abençoe a senhora. Beijinhos

    PS: também não me importei muito com as notícias como era antes, quero permanece focada no meu alvo.

  11. Sula disse:

    Amém! Descobri esse blog neste Jejum de Daniel e tem sido de muito proveito pra mim. Esse é meu investimento: o renovo da minha mente. Não permitir mais que os sentimentos afrontem a minha fé, me fazendo questionar o que Deus tem me dado até aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *