Como vencer a si mesmo

A cada vez que converso com as seguranças do Templo de Salomão, mais me espanto com as histórias de criatividade das pessoas para entrarem com produtos não permitidos, como celulares e objetos cortantes. Por que raios alguém faz um malabarismo esdrúxulo para conseguir passar com um celular, sendo que não precisará ficar mais do que duas horas longe dele se o deixar no guarda-volumes?

Desde a queda do primeiro homem, o ser humano é naturalmente predisposto à desobediência. Mas temos o poder de decidir pela obediência ou pela desobediência. O problema é que, quando você faz todas as vontades das suas emoções, quando segue todos os seus impulsos, fica bem mais difícil conseguir obedecer à voz da razão ou da fé racional. Por isso, muito mais importante do que o que faz em momentos pontuais de crise, é importante manter uma atitude diária de inteligência e obediência nas pequenas coisas.

Lembro de uma menina que foi à emergência de um hospital mentindo que estava com determinados sintomas, com o objetivo de conseguir um atestado para abonar a falta, porque não estava a fim de trabalhar naquele dia. Como “ninguém” saberia que era mentira (estava mentindo para o médico para conseguir uma forma de mentir para o chefe…), ela achou que aquela atitude era justificável. Não é, em nenhuma instância. Mentira e engano nunca são justificáveis. Pensar mal dos outros, odiar as pessoas, guardar mágoa e alimentar pensamentos negativos entram nessa lista, também.

“Porquanto não se executa logo o juízo sobre a má obra, por isso o coração dos filhos dos homens está inteiramente disposto para fazer o mal.”

Eclesiastes 8.11

É a ilusão de impunidade que leva as pessoas à desobediência. E vemos claramente aí quem é a fonte dessa desobediência: o coração. O coração humano está inteiramente disposto para fazer o mal…por isso, o melhor que alguém pode fazer (não só quem quer ser filho de Deus, mas também quem quer ser civilizado) é deixar de alimentar o coração. Você não vai desconsiderar os bons sentimentos, mas não é preciso fazer todas as vontades do coração. Dizer “não” à vontade de ficar alimentando aquele pensamento negativo, por exemplo. Decidir não acreditar na impressão ruim que você teve… Tudo isso está em nossas mãos, caso contrário, o alerta abaixo não viria com o conselho do que escolher:

“Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência, amando ao Senhor teu Deus, dando ouvidos à Sua voz, e achegando-te a Ele; pois Ele é a tua vida, e o prolongamento dos teus dias; para que fiques na terra que o Senhor jurou a teus pais, a Abraão, a Isaque, e a Jacó, que lhes havia de dar.”


Deuteronômio 30.19,20

.

 

PS: Dê uma olhada nesse vídeo em que o Bp. Guaracy fala mais a respeito de vencer a si mesmo: https://youtu.be/LiV4LqUs5-U

PS2. A dificuldade de manter o ritmo das postagens é por questões de saúde (depois falo sobre isso, mas estou melhorando). O máximo que consegui fazer nesses dias foi comentar a novela Apocalipse no Twitter (exige bem menos do que completar um post). A hashtag de terça é #Apocalipse61

 

#JejumdeDaniel 

.

Estamos em uma jornada de 21 dias de jejum de informações e entretenimento chamado Jejum de Daniel, de 25 de janeiro a 14 de fevereiro. Durante esses dias, os posts no blog serão voltados exclusivamente para o crescimento espiritual. Leia este post para entender melhor.

** Para quem não acompanhou ou para quem gostaria de rever os posts das edições anteriores do Jejum de Daniel neste blog, segue o link da categoria: http://lampertop.com.br/?cat=709 .

3 comentários sobre “Como vencer a si mesmo

  1. Vanessa disse:

    Oi vanessa… gosto mt dos seus posts…
    Um dia você poderia escrever sobre como ouvir a voz d Deus? Eu tenho consciencia que Deus fala em nosso pensamento… mas gostaria de ouvir mais a esse respeito, se for possivel. Obrigada.

  2. Andreza disse:

    Oi Vanessa. Mto forte esse post. Eu estou aprendendo a vencer a mim mesma dia após dia. Não é fácil! Seus posts tem me ajudado mto. Fiquei mto feliz em ver esse novo post no blog.
    Deus abençoe e melhoras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *