Aparências, aparências

cabelos

De vez em quando eu tenho uns desesperos por mudar a cor dos cabelos, ou para mudar o layout do blog. Passei cinco intermináveis anos sem tingir, nem colocar química alguma em meu cabelo e fiquei com cachinhos  castanho escuros lindos, brilhantes e felizes, mas baixou a Vanessa de novo e no início deste ano eu não só alisei como também fiquei loira. Lógico que achei lindo no começo, mas esquisitíssimo depois, até porque eu me esforço para ter esses impulsos de mulherzinha e hidratar, ir ao salão, etc. etc. mas isso rapidamente me enche o saco e eu prefiro fazer tudo em casa.

Felizes são vocês, homens, que se lavam o cabelo com sabão, secam feito trogloditas esfregando a toalha (não sei como não arrancam a cabeça fora, tamanhã violência) e conseguem ficar lindos, com as madeixas brilhantes e a aparência impecável. Eu profundamente gostaria de poder fazer isso (fora a parte de quase arrancar a cabeça com a toalha), mas se eu lavasse só com xampu, por exemplo, pareceria um cruzamento de Madame Min com uma vassoura de piaçava. Essa coisa de ficar loira detona o cabelo, o meu não cacheia mais (mesmo depois da porcaria progressiva, que o deixava esticadão, ter saído) e eu resolvi ficar ruiva.

Toda aquela coisa da campanha me deu uma avermelhada na cabeça e eu taquei a coisa mais rubra que encontrei pela frente, para esperar a vitória da Dilma. O problema é que desbota rápido e eu fico com cabelo de pobre. Prates me defenestraria, gritando: “hoje em dia qualquer miserável pinta o cabelo! É culpa desse governo que facilita o crédito”. Então, agora eu estou pensando em novas mudanças capilares. E de repente me deu horror daquele layout horroroso que eu estava usando e eu coloquei outro, mas estava escuro demais. Precisava de mais cor. Só que agora eu coloquei um laranjão mucho loco e eu gostaria de saber se alguém  se incomoda com essa cor. Vou pegar um tempinho e fazer um layout que me acalme por mais alguns meses, mas enquanto ele não fica pronto, será que dava para ficar com esse mesmo?


PS: Uma pausa para um post metalinguístico…hahaha…prometo que o blog agora volta à sua programação normal. Este foi praticamente um post-parêntese. Só espero que alguém me responda a respeito do cabeçalho-fanta e não me deixe falando sozinha neste lugar.

PS2: Para quem não teve o desprazer de ver o vídeo do Prates, o tiozinho limítrofe que foi expulso do hospício, não perca o post de amanhã, em que comentarei a respeito.

.

3 comentários sobre “Aparências, aparências

  1. Vanessa, linda as suas fotos – optei pela direita abaixo, visual atual creio eu. Cabelos ruivos? Blz, ficou muito bem!

    E o seu blog é bem interessante, temas leves e bem desenvolvidos, parabéns.

    Abs,

    Edgard.

  2. mauricéia disse:

    gostei do lay out, ficou clean, o laranja me lembrou a primeira vez q pintei o cabelo de vermelho, ou o que pensei q seria vermelho e ficou na verdade cenoura, nossa todo mundo na minha imensa cidade me olhava como um ser mto estranho, com toda razão, cabelo cenoura? nossa, choquei, kkkkk.;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *